Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34762
metadata.teses.dc.title: Processos dialógicos na Gestão Integrada do Território: O caso da microrregião de Presidente Kubistchek (MG)
metadata.teses.dc.title.alternative: Dialogical processes in Integrated Territory Management: The case of the microregion of President Kubistchek (MG)
metadata.teses.dc.creator: Araújo, Elisabeth Thaiane Tercino
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Valadão, José de Arimatéia Dias
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Pereira, José Roberto
metadata.teses.dc.subject: Gestão Social, Gestão Integrada do Território, processos dialógicos, território.
metadata.teses.dc.date.issued: 13-Jun-2019
metadata.teses.dc.description.resumo: A Gestão Social (GS), implementada timidamente no Brasil, ainda não possui um conceito fortemente estabelecido, apesar da significativa discussão em nível nacional. A Gestão Integrada do Território (GIT) por sua vez, pouco discutida no contexto brasileiro e pouco trabalhada na academia brasileira propõe suas primeiras ações para Região do Espinhaço, localizada no estado de Minas Gerais. A GIT surge como a transformação do conceito básico de desenvolvimento sustentável, orientando a evolução de uma determinada região para um viés mais sustentável. Nesse sentido, com vistas a relacionar os pressupostos da Gestão Social com a proposição de GIT, o presente trabalho tem como objetivo precípuo analisar as práticas de gestão social que norteiam a Gestão Integrada do Território na microrregião localizada na Serra do Espinhaço (MG). O trabalho teve como referencial os processos dialógicos, a Gestão Social e a Gestão Integrada do Território, assim como a relação destas com o território. A pesquisa é um estudo exploratório-descritivo cuja abordagem trata-se do tipo qualitativa. Para coleta de dados optou-se pela pesquisa documental, entrevistas semiestruturadas e a realização de grupos focais, gerando dados qualitativos com vistas o alcance dos objetivos propostos. Para analise das práticas de GIT sob o viés da GS, orientou-se a pesquisa pelos pressupostos: tomada de decisão compartilhada, transparência, inclusão e pluralismo. A partir da análise dos dados coletados, infere-se que alguns pressupostos da GS possuem forte importância na GIT, enquanto outros ainda são pouco trabalhados nas práticas de gestão. Contudo, a Gestão Integrada inicia suas atividades na microrregião com vistas a participação dos atores, orientados para o entendimento e bem comum dos envolvidos.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34762
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:PRG - Administração Pública (Trabalhos de Conclusão de Curso)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.