Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35645
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSiqueira, Larissa Carla-
dc.creatorCalegário, Cristina Lelis Leal-
dc.date.accessioned2019-07-25T15:46:32Z-
dc.date.available2019-07-25T15:46:32Z-
dc.date.issued2018-09-
dc.identifier.citationSIQUEIRA, L. C.; CALEGÁRIO, C. L. L. Efeitos do sistema de inovação no desempenho exportador dos municípios de Minas Gerais. Revista Ibero-Americana de Estratégia, São Paulo, v. 17, n. 3, p. 41-60, jul./set. 2018. DOI: 10.5585/ ijsm.v17i3.2572.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35645-
dc.description.abstractObjective: the objective of this paper was to analyze how the variables of a regional innovation system (IS) influence the export performance of the municipalities of Minas Gerais, from 2005 to 2011. Method: the proposed variables were analyzed by the panel model, random effect. These models provide greater control over the heterogeneity of individuals, better inference of the estimated parameters, ease in unveiling dynamic relationships between variables, and use of more observations, increasing degrees of freedom and reducing the multicollinearity between the explanatory variables. Also, the moderating effect betwee n the socioeconomic variables and the constituent variables of the IS was performed. Originality/relevance: according to Negri and Freitas (2004), despite the diverse evidences about the determinants of Brazilian exports, there is a gap to be filled on innovation and its relation with the Brazilian export performance. Therefore, this research contributes to society, government, universities, in order to stimulate partnerships for regional development. Results: a total of 224 municipalities were studied, and the variables world income and exchange rate were confirmed as significant according to the export theory, the socio-economic variables FMDI (FIRJAN Municipal Development Index) and infrastructure spending. The innovative variables, the levels of occupation in services and the presence of universities and/or federal institutes were also significant. Theoretical/Methodological contributions: we found that when a municipality has a relevant level of occupation in services associated with a significant FMDI, the export performance is likely to increase. Therefore, the results found contribute to a better understanding of the relationship between the IS and the export performance of the municipalities in Minas Gerais.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Nove de Julho (UNINOVE)pt_BR
dc.rightsacesso abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/*
dc.sourceRevista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE)pt_BR
dc.subjectExportação - Minas Geraispt_BR
dc.subjectInovaçãopt_BR
dc.subjectModelos em painelpt_BR
dc.subjectEfeito aleatóriopt_BR
dc.subjectExport - Minas Geraispt_BR
dc.subjectInnovationpt_BR
dc.subjectPanel templatespt_BR
dc.subjectRandom effectpt_BR
dc.subjectExportación - Minas Geraispt_BR
dc.subjectInnovaciónpt_BR
dc.subjectModelos en panelpt_BR
dc.subjectEfecto aleatoriopt_BR
dc.titleEfeitos do sistema de inovação no desempenho exportador dos municípios de Minas Geraispt_BR
dc.title.alternativeEffects of the innovation system in the exportation performance of the municipalities of Minas Geraispt_BR
dc.title.alternativeEfectos del sistema de innovación en el desempeño exportador de los municipios de Minas Generalespt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoObjetivo do estudo: analisar como variáveis que compõe um sistema de inovação (SI) regional influenciam no desempenho exportador dos municípios de Minas Gerais, 2005 a 2011. Metodologia/abordagem: as variáveis propostas foram analisadas pelo modelo de painel, efeito aleatório. Esses modelos proporcionam maior controle sobre a heterogeneidade dos indivíduos, melhor inferência dos parâmetros estimados, facilidade em desvendar relações dinâmicas entre variáveis, utilização de mais observações, aumentando os graus de liberdade, reduzindo a multicolinearidade entre as variáveis explicativas. Como complemento foi realizado o efeito moderador entre as variáveis socioeconômicas e variáveis constituintes do SI. Originalidade/relevância: segundo Negri e Freitas (2004), apesar das diversas evidências sobre os determinantes das exportações brasileiras, existe uma lacuna a ser preenchida quando o tema é inovação e sua relação com o desempenho exportador brasileiro. Portanto, esta pesquisa contribui para a sociedade, governo, universidades, no sentido de estimular parcerias para o desenvolvimento regional. Principais resultados: foram estudados 224 municípios, e, verificado que as variáveis renda mundial e taxa de câmbio confirmaram-se significativas, conforme a teoria exportadora, as variáveis socioeconômicas do IFDM (Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal) e gasto com infraestrutura. As variáveis inovativas grau de ocupação em serviços e presença de universidades e/ou institutos federais também foram significativas. Contribuições teóricas/metodológicas: é possível inferir que, quando um município possui bom grau de ocupação em serviços associado a bom IFDM, a probabilidade de o desempenho exportador aumentar é maior. Portanto, os resultados encontrados no trabalho contribuem para melhor compreensão sobre a relação entre o SI e o desempenho exportador dos municípios mineiros.pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons