Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37416
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCarvalho, Richardson Costa-
dc.date.accessioned2019-10-30T17:49:35Z-
dc.date.available2019-10-30T17:49:35Z-
dc.date.issued2019-10-30-
dc.date.submitted2019-08-30-
dc.identifier.citationCARVALHO, R. C. Leishmanioses: doenças negligenciadas por profissionais da saúde. 2019. 81 p. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37416-
dc.description.abstractThe increasing number of leishmaniasis cases, the expansion of transmission areas and the high impact on public health show that there are still many challenges to achieving success in the Surveillance and Control Program for this neglected disease. Additionally, the difficulty inherent in early diagnosis and assertive and immediate therapeutic institution, make leishmaniasis still a health problem that plagues society. In 2017, the first cases of human visceral leishmanias is were reported in Lavras, in the south of Minas Gerais state. Since then seven more cases have been reported, two of which died. Regarding the in tegumentary forms, they have also been reported in several municipalities of the region. In this context, it is necessary to study new control strategies, as well as to optimize existing ones to avoid the occurrence of new cases of the disease. Given the above, this study aimed to investigate the cases of VL and LT in the area covered by the Varginha Regional Health Secretariat (SRS) and to know the perception of primary health care professionals (PHC) about this condition. To meet these objectives, the data already existing in Varginha SRS were analyzed, seeking a better understanding regarding the gaps on the theme leishmaniasis. The study included 115 PHC professionals representing all 50 municipalities of the Regional Health. Participants were asked about issues related to the management of leishmaniasis cases, transmission form, clinical signs, biological and epidemiological aspects of the disease. After analysis of the results, it was possible to perceive a lack of knowledge about the local epidemiological reality, difficulties to list prevention and control measures inherent to the reservoir, the environment and the human being. Conceptual gaps may on the part of health professionals reinforce the need for implementation of continuing education programs, since the role of these professionals is essential for the success of the control program.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Lavraspt_BR
dc.rightsacesso abertopt_BR
dc.subjectAtenção primária à saúdept_BR
dc.subjectDoenças negligenciadaspt_BR
dc.subjectEducação em saúdept_BR
dc.subjectPrimary health carept_BR
dc.subjectNeglected diseasespt_BR
dc.subjectHealth educationpt_BR
dc.subjectLeishmaniasispt_BR
dc.titleLeishmanioses: doenças negligenciadas por profissionais da saúdept_BR
dc.title.alternativeLeishmanioses: diseases neglected by health professionalspt_BR
dc.typedissertaçãopt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências da Saúdept_BR
dc.publisher.initialsUFLApt_BR
dc.publisher.countrybrasilpt_BR
dc.contributor.advisor1Barçante, Joziana Muniz de Paiva-
dc.contributor.referee1Barçante, Joziana Muniz de Paiva-
dc.contributor.referee2Tiburcio, Monique Gomes Salles-
dc.contributor.referee3Orlandi, Lidiane-
dc.contributor.referee4Coelho, Luiz Carlos-
dc.description.resumoO número crescente de casos de leishmanioses, a expansão das áreas de transmissão e o elevado impacto na saúde pública evidenciam que, ainda, existem muitos desafios para se alcançar sucesso no Programa de Vigilância e Controle desta doença negligenciada. Adicionalmente, a dificuldade inerente ao diagnóstico precoce e instituição terapêutica assertiva e imediata, fazem com que as leishmanioses ainda sejam um problema de saúde que assola a sociedade. Em 2017 foi reportado o primeiro caso de leishmaniose visceral(LV) humana em Lavras, no sul do estado de Minas Gerais. Desde então mais sete casos foram notificados, sendo que dois evoluíram a óbito. No que tange às formas tegumentares (LT), estas também têm sido reportadas em diversos municípios da região. Neste contexto, faz-se necessário o estudo de novas estratégias de controle, bem como a otimização daquelas já existentes para evitar a ocorrência de novos casos da doença. Diante do exposto, o presente trabalho teve por objetivo investigar os casos de LV e LT na área de abrangência da Secretaria Regional de Saúde(SRS) de Varginha e conhecer a percepção dos profissionais da atenção primária em saúde (APS) sobre este agravo. Para atender a estes objetivos, foram analisados os dados já existentes na SRS de Varginha, buscando melhor compreensão no que tange às lacunas existentes acerca do tema leishmanioses. Participaram do estudo 115 profissionais da APS representantes de todos os 50 municípios da Regional de Saúde. Os participantes foram questionados sobre temas relacionados à condução dos casos de leishmanioses, forma de transmissão, sinais clínicos, aspectos biológicos e epidemiológicos da doença. Após análise dos resultados foi possível perceber um desconhecimento acerca da realidade epidemiológica local, dificuldades de se elencar medidas de prevenção e controle inerentes ao reservatório, ao ambiente e ao humano. As lacunas conceituais por parte dos profissionais de saúde reforçam a necessidade de implementação de programas de educação permanente, uma vez que o papel destes profissionais é imprescindível para o sucesso do programa de controle.pt_BR
dc.publisher.departmentDepartamento de Ciências da Saúdept_BR
dc.subject.cnpqCiências da Saúdept_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5789463272332517pt_BR
Appears in Collections:DSA - Ciências da Saúde - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_Leishmanioses: doenças negligenciadas por profissionais da saúde.pdf2,56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.