Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/38530
metadata.teses.dc.title: Empreendedorismo público: um estudo de caso das ações empreendedoras de agentes da Secretaria de Educação de um município localizado no sul de Minas Gerais
metadata.teses.dc.creator: Alvarenga, Lara da Silva
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Andrade, Daniela Meirelles
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Andrade, Daniela Meirelles
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Tonelli, Dany Flavio
metadata.teses.dc.subject: Empreendedorismo Público. Ação Empreendedora. Escolas Municipais.
metadata.teses.dc.date.issued: 16-Jan-2020
metadata.teses.dc.identifier.citation: Alvarenga, Lara da Silva. Empreendedorismo público: um estudo de caso das ações empreendedoras de agentes da Secretaria de Educação de um município localizado no sul de Minas Gerais / Lara da Silva Alvarenga. - 2017. 48 p. : il.
metadata.teses.dc.description.resumo: Neste trabalho, as ações empreendedoras serão estudadas no âmbito educacional da rede pública de ensino de um município localizado no sul de Minas Gerais, analisando os atores envolvidos nessas ações. Para isso, foi feita uma análise de seis escolas da rede pública de ensino municipal, onde os dados foram obtidos por meio de uma entrevista semiestruturada aplicada para diretoras e/ou supervisoras de cada escola. A partir disso, os dados coletados foram analisados em três perspectivas, sendo elas: atividades desenvolvidas nas escolas e atores envolvidos; ações empreendedoras analisadas pelo modelo teórico de Spedale e Watson (2014); atividades realizadas na escola na perspectiva do Governo Empreendedor de Osborne e Gaebler (1994). Observou-se, de uma maneira geral, que os agentes das escolas da rede de ensino público municipal realizam ações empreendedoras e, que estas são advindas de órgãos externos (Secretaria de Educação do município e Secretaria de Desenvolvimento Social), como também há ações empreendedoras que são desenvolvidas nas escolas, as quais advêm de práticas coletivas entre professores, diretoras e vice-diretoras. E em relação ao Governo empreendedor de Osborne e Gaebler (1994), três mandamentos se sobressaíram no que tange à realização das atividades nas escolas, sendo elas: o Governo competitivo, Governo pertencente à comunidade e o Governo preventivo. Portanto, a pesquisa permitiu constatar como a ação empreendedora ocorre em instituições de ensino público municipal, por meio de relatos dos principais atores envolvidos com as ações no âmbito educacional.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/38530
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:PRG - Administração Pública (Trabalhos de Conclusão de Curso)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.