DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/396

Título: O que há de novo na degeneração mixomatosa da valva mitral em cães?
Título Alternativo: What is new regarding myxomatous mitral valve degeneration in dogs?
Autor(es): Henrique, Bruna Frias
Muzzi, Ruthnéa Aparecida Lázaro
Silva, Adriana Cristina da
Oberlender, Guilherme
Muzzi, Leonardo Augusto Lopes
Coelho, Mariana de Resende
Assunto: Cardiopatia
Cães
Insuficiência cardíaca
Ecocardiografia
Data de publicação: 2013
Referência: HENRIQUE, B. F. et al. O que há de novo na degeneração mixomatosa da valva mitral em cães? Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, Garça, v. 11, n. 20, jan. 2013. Disponível em: <http://www.revista.inf.br/veterinaria20/revisao/RL201212.pdf pdf >. Acesso em: 10 abr. 2013.
Resumo: A degeneração mixomatosa da valva mitral (DMVM) é a principal afecção cardíaca que acomete os cães, sendo estes em sua quase totalidade animais adultos e senis, de pequeno a médio porte e apresentando predisposição em machos e em algumas raças. Trata-se de uma patologia crônica progressiva que não tem cura, portanto, os tratamentos existem para proporcionar uma sobrevida ao animal acometido. As alterações que ocorrem nesta enfermidade tornam as superfícies da valva mitral cada vez mais espessas e irregulares, ocasionando uma má coaptação das bordas livres alí presentes, consequentemente regurgitação da valva mitral, remodelamento cardíaco progressivo até culminar em insuficiência cardíaca. A ecocardiografia é considerada o exame complementar não invasivo mais importante no diagnóstico da DMVM, no qual são obtidas informações importantes de caráter qualitativo e quantitativo sobre o sistema cardiovarcular. Este trabalho objetivou revisar as informações disponíveis na literatura sobre a DMVM, assim como ressaltar novas classificações e tratamento da doença.
Abstract: The myxomatous mitral valve degeneration (MMVD) is the main heart diseases that affect dogs, which were almost all adults and old ones, from small to medium size and with a predisposition in males and in some breeds. It is a chronic progressive disease that has no cure, so, the treatments exist to provide a survival to the affected animal. The changes that occur in this disease make the mitral valve surfaces increasingly thicker and irregular, causing a poor coaptation of its free leaflets and, consequently, mitral regurgitation, and some animals can present signs of heart failure. The Doppler echocardiography is considered the most important non-invasive tool for MMVD diagnosis, which are obtained important information with qualitative and quantitative character about the cardiovascular system. This review aims to make an update on the literature information regarding MMVD, as well as, highlight its new classification and therapeutics of the disease.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/396
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_O que há de novo na Degeneração Mixomatosa da vala mitral em cães.pdf276,04 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback