Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39794
metadata.artigo.dc.title: Comparison of field and laboratory models of the load bearing capacity in coffee plantations
metadata.artigo.dc.title.alternative: Comparação de modelos de capacidade de suporte de carga do solo de campo e laboratório em plantações de café
metadata.artigo.dc.creator: Iori, Piero
Dias Junior, Moacir de Souza
Ajayi, Ayodele Ebenezer
Guimarães, Paulo Tácito Gontijo
Pais, Paula Sant’Anna Moreira
Andrade, Maria Luiza de Carvalho
metadata.artigo.dc.subject: Agricultural traffic
Coffea Arabica L.
Homogeneity test
Precompression stress
Tráfego agrícola
Teste de homogeneidade
Pressão de pré-consolidação
metadata.artigo.dc.publisher: Editora UFLA (Editora da Universidade Federal de Lavras)
metadata.artigo.dc.date.issued: Apr-2013
metadata.artigo.dc.identifier.citation: IORI, P. et al. Comparison of field and laboratory models of the load bearing capacity in coffee plantations. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 37, n. 2, p. 130-137, Mar./Apr. 2013. DOI: 10.1590/S1413-70542013000200003.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Pressão de pré-consolidação é uma importante propriedade na avaliação da sustentabilidade estrutural do solo e é determinada em testes de laboratório. Neste estudo, objetivou-se comparar modelos de capacidade de suporte de carga obtidos com umidade controlada em laboratório e com umidade natural de campo ao longo de um ano. A avaliação da sustentabilidade estrutural do solo ocorreu em quatro etapas: coleta de amostras de solo indeformado, ensaio de compressão uniaxial das amostras em laboratório, estimativa da pressão de pré-consolidação e obtenção dos modelos de capacidade de suporte de carga. As estimativas da pressão de pré-consolidação de laboratório e de campo foram obtidas com umidades controladas em laboratório e com umidade de campo, respectivamente, ao longo de um ano. No laboratório, a saturaçaõ das amostras se deu por capilaridade, com água destilada e depois de 48 horas, essas amostras foram secas ao ar para obter diferentes valores de umidade. Em seguida, realizou-se o ensaio de compressão uniaxial dessas amostras e a pressão de pré-consolidação foi determinada para as duas condições aqui proposta. Para verificar se os modelos de capacidade de suporte de carga com umidade controlada em laboratório podem representar os modelos de capacidade de suporte de carga de umidade natural, esses modelos foram comparados utilizando o teste de homogeneidade de dados. Observou-se semelhança em 75% dos modelos de umidade de campo com modelos de umidade controlada em laboratório. Portanto, em razão da similaridade, a análise da sustentabilidade estrutural do solo pode ser feita por ambos os modelos de capacidade de suporte carga, ou seja, modelos obtidos com amostras de solo com umidade natural (campo) ou com umidade controlada (laboratório).
metadata.artigo.dc.description.abstract: Precompression stress is an important property for assessment of tropical soil structure sustainability and is often determined in laboratory tests. The objective of this study was to compare the load bearing capacity models obtained with controlled moisture in laboratory and those obtained with natural field moistures determined a long one year. The evaluation of soil structural sustainability follows four distinct steps: soil sampling in the field, uniaxial compression test of the samples in the laboratory, determination of precompression stress and estimation of the load bearing capacity models. Laboratory estimates of precompression stress were obtained from moisture controlled in laboratory and from natural moisture determined in a field a long one year. In this process, the soil samples were saturated by capillarity with distilled water in laboratory, and after 48 hours, the samples were air dried to obtain the different moisture contents. Then, the precompression stress was determined for this both conditions. To verify if the load bearing capacity models obtained with controlled moisture in laboratory may represent the load bearing models obtained with natural field moisture, these models were compared using the homogeneity test procedure. It was observed that 75% of field models analyzed were similar to the laboratory models. Thus, due to the similarity on the load-bearing capacity models obtained using natural (field) or controlled (laboratory) moisture contents, the assessment of the soil structure sustainability can be done using both methods.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39794
metadata.artigo.dc.language: en_US
Appears in Collections:DCS - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons