Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42210
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCantarelli, Vinícius de Souza-
dc.creatorFialho, Elias Tadeu-
dc.creatorAlmeida, Erin Caperuto de-
dc.creatorZangeronimo, Márcio Gilberto-
dc.creatorAmaral, Níkolas de Oliveira-
dc.creatorLima, José Augusto de Freitas-
dc.date.accessioned2020-08-05T10:15:59Z-
dc.date.available2020-08-05T10:15:59Z-
dc.date.issued2009-06-
dc.identifier.citationCANTARELLI, V. de S. et al. Características da carcaça e viabilidade econômica do uso de cloridrato de ractopamina para suínos em terminação com alimentação à vontade ou restrita. Ciência Rural, Santa Maria, v. 39, n. 3, p. 844-851, mai./jun. 2009. DOI: 10.1590/S0103-84782009000300032.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42210-
dc.description.abstractThe objective of this research was to evaluate the supplementation of 5ppm of ractopamine (RAC), associated or not with feed restriction, on carcass characteristics on finishing pigs and the economic viability of its use. Thirty hybrid barrows (life weight of 107.2±6.2kg), receiving the experimental diets during 28 days before the slaughter. A randomized blocks design in factorial scheme 2 x 2 + 1 (with or without RAC in diets with 1.04% of total lysine; ad libitum or feed restriction of 15% and an additional treatment – control – ad libitum, without RAC containing 0.8% of lysine – standard diet), totalizing five treatments and six replicates. The addiction of RAC per se increased the loin eye area, the meat percentage, the carcass meat:fat ratio, the allowance index, the gross earnings and the production net earnings and decreased the animals backfat thickness. When associated with feed restriction, the RAC decreased the carcass fat percentage. Compared to standard diet, the RAC increased the carcass yield, the carcass meat percentage and the allowance index paid to the producer and decreased the backfat thickness. The RAC associated at the feed restriction decreased the fat carcass percentage and increased the carcass meat:fat ratio and the gross earnings. Thus, the supplementation with 5ppm of RAC, associated or no at the feed restriction, improves the carcass characteristics and the economic viability of production.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Maria (UFSM)pt_BR
dc.rightsacesso abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/*
dc.sourceCiência Ruralpt_BR
dc.subjectß-agonistapt_BR
dc.subjectModificador de carcaçapt_BR
dc.subjectRepartidor de nutrientept_BR
dc.subjectRestrição alimentarpt_BR
dc.subjectTipificação da carcaçapt_BR
dc.subjectß-agonistpt_BR
dc.subjectCarcass modifierpt_BR
dc.subjectSplitter nutrientpt_BR
dc.subjectFeed restrictionpt_BR
dc.subjectCarcass typingpt_BR
dc.titleCaracterísticas da carcaça e viabilidade econômica do uso de cloridrato de ractopamina para suínos em terminação com alimentação à vontade ou restritapt_BR
dc.title.alternativeCarcass characteristics and economic viability of the use of ractopamine for finishing swine with ad libitum or restricted feedingpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO objetivo neste trabalho foi avaliar a suplementação de 5ppm de ractopamina (RAC) na ração, associada ou não à restrição alimentar, sobre as características da carcaça de suínos em terminação e a viabilidade econômica do seu uso. Foram utilizados 30 suínos machos castrados, Agroceres-PIC (peso vivo de 107,2±6,2kg), recebendo as dietas experimentais durante os 28 dias que antecederam o abate. Foi utilizado um delineamento em blocos casualizados em esquema fatorial 2 x 2 + 1 (com ou sem RAC em rações com 1,04% de lisina total; à vontade ou restrição alimentar de 15%; e um tratamento adicional – controle – fornecido à vontade, sem RAC, contendo 0,8% de lisina total – ração padrão), totalizando cinco tratamentos e seis repetições. A adição da RAC por si só aumentou a área de olho de lombo, a porcentagem de carne e a relação carne:gordura na carcaça, o índice de bonificação, a receita bruta e a receita líquida da produção e reduziu a espessura de toucinho dos animais. Quando associada à restrição alimentar, a RAC diminuiu a porcentagem de gordura na carcaça. Comparado à ração controle, a RAC aumentou o rendimento da carcaça, a porcentagem de carne na carcaça e a receita bruta paga ao produtor e reduziu a espessura de toucinho. Quando associada à restrição alimentar, diminuiu a porcentagem de gordura e aumentou a relação carne:gordura na carcaça e o índice de bonificação. Assim, a suplementação com 5ppm de RAC, associada ou não à restrição alimentar, melhora as características da carcaça e viabiliza economicamente a produção.pt_BR
Appears in Collections:DZO - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons