Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5697
Título: Efeito da irrigação com água salina em um solo cultivado com o feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.)
Título(s) alternativo(s): Effect of irrigation water salinity in a soilcultivated with french beans (Phaseolus vulgaris L.)
Autor: Santana, Márcio José de
Carvalho, Jacinto de Assunção
Silva, Élio Lemos da
Miguel, Douglas da Silva
Palavras-chave: Salinidade do solo
Feijoeiro
Irrigação
Phaseolus vulgaris
Soil salinity
Beans
Irrigation
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Abr-2003
Referência: SANTANA, M. J. de et al. Efeito da irrigação com água salina em um solo cultivado com o feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 27, n. 2, p. 443-450, mar./abr. 2003.
Resumo: Conduziu-se este trabalho com o objetivo de avaliar os efeitos de diferentes concentrações de sal, da água de irrigação, na salinização de um Latossolo Roxo distrófico, onde cultivou-se o feijoeiro (Phaseolus vulgaris L. CV ESAL 686). O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação no Departamento de Engenharia da Universidade Federal de Lavras, em Lavras, MG, com o propósito de evitar a interferência das precipitações pluviométricas. Os tratamentos consistiram de cinco níveis de salinidade da água (condutividade elétrica de 0,1; 1,0; 2,5; 4,0 e 5,5 dS m-1) com seis repetições. A condutividade elétrica do extrato saturado do solo foi medida no início do experimento, no final da fase vegetativa e após a colheita. Constatou-se uma diminuição da salinidade do solo para o tratamento 0,1 dS m-1, nas diferentes datas de análise do extrato. Para os demais tratamentos, houve um aumento significativo na salinidade: 116,98%, 195,10%, 565,84% e 955,17% para os níveis 1,0; 2,5; 4,0 e 5,5 dS m-1, respectivamente. Houve uma queda acentuada de produção com níveis crescentes de salinidade do solo. O aumento da salinidade da água promoveu um acréscimo linear na condutividade elétrica do solo e no potencial osmótico.
Abstract: The objective this study was to evaluate the different irrigation water salt concentrations effects in the salinization of a "Dystrophic Dusky Red Latossol", cultivated with (Phaseolus vulgaris L. CV ESAL 686). The experiment was carried out in a greenhouse in the Engineering Department at Federal University of Lavras, of Lavras – MG to avoid the interference of the precipitations. The treatments consisted of five level of water salt concentration (electric conductivity of 0.10; 1.0; 2.5; 4.0 and 5.5 dS m-1) with six replications. The electric conductivity of the soil saturation extract was measured at the beginning of the experiment, at the end of the vegetative phase and after the crop harvest. A decrease of soil salinity was verified for the 0.1 dS m-1 treatment in measurements during the experiment. There was significant increase of soil salinity for the other treatments: 116.98%, 195.10%, 565.84% and 955.17% for the levels 1.0; 2.5; 4.0 and 5.5 dS m-1, respectively. There was an accentuated decrease of crop production as the levels of soil salinity increased. The increase of the water salinity promoted a linear increment in the soil electric conductivity and osmotic potential.
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542003000200027
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.