Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6220
Título: Influência da temperatura e regime de luz na germinação de sementes de janaguba (Himatanthus drasticus (Mart.) Plumel.)
Título(s) alternativo(s): Influence of temperature and light on the germination of janaguba (Himatanthus drasticus (Mart.) Plumel.) seeds
Autor: Amaro, Manoel Silva
Medeiros Filho, Sebastião
Guimarães, Renato Mendes
Teófilo, Elizita Maria
Palavras-chave: Planta medicinal
Germinabilidade
Propagação
Medicinal plant
Germinability
Propagation
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Jun-2006
Referência: AMARO, M. S. et al. Influência da temperatura e regime de luz na germinação de sementes de janaguba (Himatanthus drasticus (Mart.) Plumel.). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 30, n. 3, p. 450-457, maio/jun. 2006.
Resumo: Com este trabalho, buscou-se determinar a influência da luz e da temperatura na germinação de sementes de janaguba. O ensaio foi conduzido no Laboratório de Análises de Sementes do Departamento de Fitotecnia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE. Os tratamentos constaram de quatro temperaturas (20ºC, 25ºC, 30ºC e 20-35ºC) e três condições de luz (escuro constante, fotoperíodo de 8 h luz e 16 h escuro e luz constante). Foram utilizadas 200 sementes por tratamento, semeadas sobre papel de filtro dispostos em placas de Petri, e acondicionadas em câmara de germinação por 20 dias, para determinação do percentual, velocidade e tempo médio de germinação. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com 4 repetições de 50 sementes, em esquema fatorial 3 x 4 (3 condições de luz e 4 temperaturas). As médias foram comparadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. Houve diferença significativa na interação temperatura x luz, nas três variáveis. Concluiu-se que as sementes de janaguba apresentam fotoblastismo neutro; as temperaturas constantes de 20ºC e 25ºC, combinadas com escuro constante e luz/escuro, e as temperaturas constante de 30ºC e alternada de 20-35ºC, combinadas com luz/escuro, são as condições mais favoráveis à germinação; a combinação das temperaturas constantes de 25ºC e 30ºC e ausência de luz, aumenta a velocidade e reduz o tempo médio de germinação de sementes de janaguba.
Abstract: This study aimed to evaluate the influence of the temperature and light on the germinative behaviour of janaguba (Himatanthus drasticus)seeds, with the experiments being conducted at the Laboratory of Seed Analysis of the Federal University of Ceará. To analyse percentage, velocity and average time of germination, the treatments consisted of four different temperatures (20ºC, 25ºC, 30ºC e 20–35ºC) and three different light expositions (constant dark; 8 h of light plus 16 h of dark; and constant light). The treatments consisted of 200 seeds, with four repetitions of 50 seeds each, sown on a Germitest towel paper, displayed inside Petri dishes, and maintained for 20 days in germination chamber. A completely randomized 3x4 factorial design (three light expositions x four treatments) was used. The Tukey's Test at 5% of probability was used to compare the obtained averages. The janaguba seeds were shown to have neuter photoblastism. The better conditions for janaguma seed germination are temperatures of 20 and 25ºC combined with constant dark and light/dark, constant temperature of 30ºC and alternated temperature from 20 to 35ºC combined with intermittent light/dark. The constant temperatures of 25 and 30ºC plus constant dark led to the greatest indexes of velocity of germination and caused the reduction of the germination average time.
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542006000300010
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.