Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/8795
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSouza, Emerson Finger de-
dc.creatorStaduto, Andronio Ramundo-
dc.creatorRocha Júnior, Weimar Freire da-
dc.creatorRinaldi, Rúbia Nara-
dc.date2011-04-18-
dc.date.accessioned2015-05-04T13:47:18Z-
dc.date.available2015-05-04T13:47:18Z-
dc.date.issued2015-05-04-
dc.identifierhttp://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/205-
dc.identifier.citationSOUZA, E. F. de et al. A cultura da mandioca na região oeste do Paraná: um estudo da coordenação da cadeia sob a ótica da teoria dos contratos. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 7, n. 1, p. 11-22, 2005.-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/8795-
dc.description.abstractThe study presents an analysis of the coordination between the cassava s producers and the cassava s processors industry located in the west of State of Parana (Brazil). In a few years this chain became dynamics because of many factors, such as the institutional that is the most important one. In the last years it was verified a large volatility in cassava s production and price, that compromised the chain performance, mainly the cassava sstarch modified production and price, which has high aggregate value. One ofthis oscillations cause, among other reasons wasthe lack of coordination between agents. To find evidences and solutionsto the studies answers, the new institutional economy approach was studied. Three cassava s starch industries were analyzed in the west of the state of Parana. The reasons for that are low specifity of the assets and the lack of profissionalism of the producers. The findings show low existence of contracts between agents, bringing structural problems for the entire chain.-
dc.formatapplication/pdf-
dc.languagepor-
dc.publisherOrganizações Rurais & Agroindustriais-
dc.relationhttp://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/205/202-
dc.sourceOrganizações Rurais & Agroindustriais; v. 7, n. 1 (2005)-
dc.source2238-6890-
dc.source1517-3879-
dc.subjectMandioca-
dc.subjectAgronegócio-
dc.subjectContrato-
dc.subjectCassava-
dc.subjectAgribusiness-
dc.subjectContract-
dc.titleA cultura da mandioca na região oeste do Paraná: um estudo da coordenação da cadeia sob a ótica da teoria dos contratos-
dc.title.alternativeThe production of cassava in the west region of Paraná State: a study of the chain coordenation under the contracts theory approach-
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article-
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion-
dc.description.resumoCom este trabalho apresenta-se uma análise da coordenação entre os produtores da raiz de mandioca e as indústrias processadoras, tendo como objeto três indústrias localizadas na região Oeste do Paraná. Esta cadeia, em poucos anos, tornou-se bastante dinâmica em razão de inúmeros fatores, dentre os quais se destaca o institucional. Verificou-se, também, uma grande volatilidade no preço da mandioca, nos últimos anos, o que veio a comprometer o desempenho da cadeia, principalmente, da produção da fécula modificada, que tem um alto valor agregado. Uma das causas dessas oscilações deveu-se, dentre outros motivos, à falta de coordenação entre os agentes. Para encontrar evidências e soluções às respostas dos questionamentos levantados no trabalho, utilizou-se a abordagem da Nova Economia Institucional. Para isso, foram analisadas três fecularias, na região Oeste do Paraná, cujos resultados, da pesquisa, evidenciaram a pouca utilização dos contratos, o que prejudica a estrutura de governança. Dentre as causas percebidas para tal situação está o fato de que existem muitos produtores que não são mandiocultores profissionais e, ainda, a baixa especificidade do ativo mandioca, que acaba acarretando perda de eficiência no sistema.-
Appears in Collections:Organizações Rurais & Agroindustriais

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.