Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10410
Título: Fatores favoráveis e limitantes ao desenvolvimento da agropecuária do Sul de Minas Gerais: uma análise interpretativa
Autor : Andrade, Márcia Pereira de
Primeiro orientador: Alencar, Edgard
Primeiro membro da banca: Pereira, José Roberto
Segundo membro da banca: Antonialli, Luiz Marcelo
Terceiro membro da banca: Brito, Mozar José de
Palavras-chave: Trabalhadores rurais - Minas Gerais
Agricultural laborers
Agropecuária
Data da publicação: 22-Set-2015
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: ANDRADE, M. P. de. Fatores favoráveis e limitantes ao desenvolvimento da agropecuária do Sul de Minas Gerais: uma análise interpretativa. 2001. 98 p. Dissertação (Mestrado em Administração Rural) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2001.
Resumo: O objetivo central dessa pesquisa foi identificar e descrever como lideranças de produtores rurais (LPR) e profissionais de ciências agrárias (PCA) interpretam o ambiente em que atuam, identificando possíveis fatores favoráveis ou limitantes ao desenvolvimento da agropecuária na região sul do estado de Minas Gerais (RSMG). O método de coleta de dados empregado foi afocusedintervew e foram entrevistados dez LPR e onze PCA escolhidos pela técnica de amostragem por julgamento. Os fatores identificados como favoráveis foram classificados como culturais, sociais, edafoclimáticos (solo, clima e potencial hídrico), infra-estruturais (redede cooperativas, instituições de ensino pesquisae extensão, estrutura viária e sistema de comunicação) e de localização (proximidade das áreas metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte). Os fatores infra-estruturais, de localização e edafoclimáticos constituíram na visão dos entrevistados o grande diferencial da RSMG em comparação com outras regiões mineiras e brasileiras. Contudo, o potencial de desenvolvimento desses fatores era restringido pelo desconhecimento de suas potencialidades, gestão ineficiente das cooperativas, integração deficiente entre extensão, pesquisa, universidade e produtores. Os fatores limitantes foram agrupados em categorias que retratavam o nível em que se encontravam, se no nível do produtor, se na região ou fora da região. Os fatores localizados fora da região foram citados com mais freqüência e se referiam a objetos de orientação de natureza macroeconômica, tais como pequeno volume de recursos destinados ao crédito rural, elevadas taxas de juros, importação de leite e derivados e relação desfavorável entre preços pagos e recebidos. O potencial restritivo desses fatores foi associado à insegurança para planejar, descapitalização das atividades agropecuárias, baixo nível tecnológico e desestímulo para a diversificação da produção e aproveitamento dos fatores favoráveis de natureza edafoclimáticas, infra-estruturais e de localização.
Abstract: The major objective of this research was to identify and describe the way by which farmers' leaderships (FL) and professionals of agrarian sciences (PAC) interpreted the environment where they act, identifying favorable or limiting factors to the agricultural development ofthe southern region ofMinas Gerais (SRMG). It was used the focused-interview method to collect data. The judgement sampling technique was employed to chose interviewees; ten FL and eleven PAC were interviewed. The favorable factors identified were classifíed as cultural, social, natural resources (soil, climate and water), infra-structural (network ofco-operatives, institutions ofeducation, research andextension, road network and communication system) andlocation (proximity of the metropolitan áreas of São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizonte). Infra-structure, location and natural resources were factors which constituted in the interviewees' vision the major differential of SRMG in comparison with other regions of Minas Gerais and Brazil. However, development potential of those factors was restricted by the ignorance of such potentialities, inefficient cooperatives management, and deficient integration among research, university, extension service and farmers. The limiting factors were classifíed into categories that portrayed the levei in which they were located, ifin the levei offarmers, if inthe region or outof the region. The factors located out ofthe region were mentioned with more frequency and they referred to orientation objects of macroeconomic nature, such as small amount of resources for rural credit, high interest rates, import of milk, import of dairy products, and unfavorable relationship among prices paid and received by farmers. The restrictive potential of those factors was associated to the insecurity for planning, discapitalization of agricultural activities, low technological levei and discouragement for the production diversification and use ofthe favorable factors related to natural resources, infrastructure and location.
metadata.teses.dc.description: Dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10410
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.