Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1065

Título: Alterações no potencial fisiológico de sementes de algodão no armazenamento
Autor(es): Oliveira, Andréa dos Santos
Orientador: Carvalho, Maria Laene Moreira de
Coorientador(es): Guimarães, Renato Mendes
Membro da banca: Rosa, Sttela Dellyzete Veiga Franco da
Oliveira, João Almir
Vieira, Antônio Rodrigues
Área de concentração: Produção Vegetal
Assunto: Sementes - Deterioração
Ácidos graxos
Seed deterioration
Fatty acids
Data de Defesa: 29-Nov-2011
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
Referência: OLIVEIRA, A. dos S. Alterações no potencial fisiológico de sementes de algodão no armazenamento. 2012. 124 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: A conservação de espécies oleaginosas é dependente das condições em que são submetidas quando armazenadas. Além disso, o conteúdo e a qualidade do óleo, associado à atuação de enzimas e a associação de microrganismos podem influenciar no grau de deterioração das mesmas. Nesse sentido, estudos relacionados à qualidade das sementes de algodão se fazem necessários para predizer as condições adequadas ao armazenamento. Sementes de algodão de fibra branca e colorida foram armazenadas em temperaturas de 10 ºC, 25 ºC e 30 ºC por um ano. A cada 90 dias foi avaliada a qualidade das sementes por meio da qualidade física e fisiológica, sanitária, atividade enzimática, composição química, propriedades físico-químicas do óleo e composição dos ácidos graxos. A cor da fibra das sementes de algodão não é indicativa de maior qualidade das sementes. A viabilidade e o vigor das sementes foi influenciada pelas condições em que as sementes foram armazenadas. Fungos do gênero Aspergillus sp. e Penicillium sp. aumentaram a sua incidência em relação ao local e o período de armazenamento, acelerando a deterioração. A atuação de enzimas como a esterase, catalase, superóxido dismutase e lipase auxiliaram a identificar danos provocados pelo processo de deterioração em sementes armazenadas em elevadas temperaturas. O teor de lipídios foi afetado negativamente, alterando as propriedades físico-químicas do óleo presente nas sementes, principalmente na acidez. A composição dos ácidos graxos é alterada em relação às condições de armazenamento.
The conservation of oleaginous species is dependent on the conditions in witch are subjected when stored. In addition, the quality and oil content, coupled with the enzymes action and the association of micro-organisms may influence deterioration degree of them. In this sense, studies related to quality of cotton-seeds are necessary to predict the appropriate storage conditions. Cotton-seeds with white and colored fiber were stored at temperatures of 10 ºC, 25 ºC and 30ºC per one year. Every 90 days, the seed quality were evaluated through the physical and physiological quality, sanitary, enzyme activity, chemical composition, physic-chemical properties of oil and fatty acid composition. The cotton-seeds fiber color is not higher indicate of quality on seeds. The viability and seed vigor was influenced by the conditions in which the seeds were stored. Fungi of the genus Aspergillus sp. and Penicillium sp. increased incidence in relation to locate and the storage period, accelerating the deterioration. The enzymes activities such: esterase, catalase, superoxide dismutase and lipase helped to identify damage caused by the deterioration process in seeds stored at high temperatures. The lipids content was negatively affected, changing the physic-chemical properties of the oil present in the seeds, specially in acidity. The fatty acid composition is modified in relation to storage conditions.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1065
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Alterações no potencial fisiológico de sementes de algodão no armazenament.PDF955,29 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback