Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Desenvolvimento Sustentável e Extensão - Mestrado Profissional (Dissertações/TCC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10996

Title: Sustentabilidade econômica no sistema de água e esgoto na comunidade rural de Amadeu Lacerda em Divinópolis/MG
Other Titles: Economic sustainability in water and sewage system in rural community Amadeu Lacerda in Divinópolis/MG
???metadata.dc.creator???: Gontijo, Hebert Medeiros
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://lattes.cnpq.br/8731970469439149
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Fontes, Renato Elias
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Romaniello, Marcelo Márcio
???metadata.dc.contributor.referee1???: Paula, Maria das Graças
???metadata.dc.contributor.referee2???: Romaniello, Marcelo Márcio
???metadata.dc.contributor.referee3???: Silva, Alysson Rodrigo Fonseca e
Keywords: Comunidade rural
Abastecimento de água
Esgotamento sanitário
Sustentabilidade econômica
Rural community
Water supply
Sanitary exhaust
Economic sustainability
???metadata.dc.date.submitted???: 25-Feb-2016
Issue Date: 4-Apr-2016
Citation: GONTIJO, H. M. Sustentabilidade econômica no sistema de água e esgoto na comunidade rural de Amadeu Lacerda em Divinópolis/MG. 2016. 92 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável e Extensão)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho visa analisar o sistema de abastecimento de água e esgotamento sanitário da comunidade rural de Amadeu Lacerda no município de Divinópolis/MG, sob a ótica da sustentabilidade econômica. Foram pesquisadas as características do sistema de abastecimento de água e de esgotamento sanitário na comunidade. No sistema de abastecimento de água foram pesquisadas as condições de qualidade dos equipamentos e verificada a necessidade da substituição do reservatório. Já no sistema de esgotamento sanitário, inexistente, foi considerada a implantação de todos os equipamentos. Com base nesta demanda de implantação foi determinado o custo de investimento inicial; e para a composição do custo mensal de manutenção e operação deste sistema, foram considerados o consumo de energia elétrica das elevatórias e a utilização de um operador. Também foi determinada a capacidade de arrecadação mensal por tarifas residenciais, em contra partida aos custos de manutenção e operação. Para análise da sustentabilidade econômica foram estudados o impacto ambiental e a aplicação de multa, causados pela inexistência de um sistema de esgotamento sanitário; e o impacto social causado pela qualidade da água de abastecimento, em relação às doenças por veiculação hídrica e seu respectivo custo de investimentos em medicamentos. Foi verificado que o custo de investimento para a implantação do sistema na comunidade é de R$306.108,33, mais elevado que os gastos em multas ambientais e medicamentos para saúde que é de R$30.095,31. E que o custo de manutenção e operação do sistema em contrapartida com a capacidade de arrecadação por tarifa na comunidade é compatível, gerando anualmente um lucro de R$7.214,14. Valor este que torna inviável, financeiramente, para as empresas de saneamento assumirem estes serviços e terem o retorno de investimento esperado. Com base nesta análise de sustentabilidade, foi diagnosticado o fator principal, que leva a comunidade rural de Ama deu Lacerda a ainda não possuir o sistema de água e esgoto de maneira adequada.
Abstract: This work aims at analyzing the water supply and sanitary exhaustion system of the Amadeu Lacerda rural community in the municipality of Divinópolis, Minas Gerais, Brazil, under the perspective of economic sustainability. We researched the characteristics of the water supply and sanitary exhaustion system of the community. In the water supply system, we researched the quality conditions of the equipment and verified the need for substitution of the reservoir. In the sanitary exhaustion system, which was inexistent, the implementation of all equipment was considered. Based o n this implementation demand, the cost of initial investment was determined, and, for the composition of the monthly cost of maintenance and operation, we considered the intake of electric energy used in the pumping system and the use of an operator. For analyzing economic sustainability, we studied the environmental impact and the application of fine, caused by the lack of a sanitary exhaustion system, and the social impact caused by the quality of the water supply, concerning water transmitted diseases and the respective medication investment costs. We verified that the investment cost for implementing the system in the community is of R$ 306,108.33, higher than the expenses of environmental fines and medications, which is of R$ 30,095.31. The cost of maintenance and operation of the system in counterpart with the collection capacity of tariffs from the community is compatible, generating an annual profit of R$ 7,214.14. With this value, it becomes financially unfeasible for sanitation companies to undertake these services and have the expected return of investment. Based on this sustainability analysis, we diagnosed the main factor leading to the Amadeu Lacerda rural community not having an adequate water supply and sanitary exhaustion system.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10996
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DAE - Desenvolvimento Sustentável e Extensão - Mestrado Profissional (Dissertações/TCC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Sustentabilidade econômica no sistema de água e esgoto na comunidade rural de Amadeu Lacerda em DivinópolisMG.pdf2.26 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback