Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11036
metadata.teses.dc.title: Formas de apresentação do milho em rações de frangos de corte, dos 22 aos 42 dias de idade, sem ou com a presença de pedrisco
metadata.teses.dc.creator: Silva Júnior, Veredino Louzada da
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/9842565002801648
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Cotta, Judas Tadeu de Barros
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Oliveira, Antônio Ilson Gomes de
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Rodrigues, Paulo Borges
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
metadata.teses.dc.subject: Milho como ração
Corn as feed
Milho inteiro
Milho moído
Pedrisco granítico
Frango de corte - Alimentação e rações
Feeding and feeds
Carcaça
metadata.teses.dc.date.issued: 12-Apr-2016
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
metadata.teses.dc.identifier.citation: SILVA JUNIOR, V. L. da. Formas de apresentação do milho em rações de frangos de corte, dos 22 aos 42 dias de idade, sem ou com a presença de pedrisco. 2002. 76 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2002.
metadata.teses.dc.description.resumo: Para verificar a influência das formas de apresentação do milho e a presença de pedrisco granítico sobre o desempenho, a carcaça e o desenvolvimento da moela em frangos, foram utilizadas 720 aves de ambos os sexos. Os tratamentos empregados foram: forma de apresentação do milho (inteiro, moído grosso e fino), pedrisco (ausência e presença) e sexo (macho e fêmea). As rações experimentais foram isonutritivas com 19,12% de PB e 3033,05 Kcal de EM/kg. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com os tratamentos em esquema fatorial 3x2x2 (forma de apresentação do milho, presença e ausência de pedrisco e sexo), com quatro repetições e quinze aves em cada unidade experimental. Para avaliar o desempenho das aves em 3 períodos consecutivos (22 a 28, 29 a 35 e 36 a 42 dias), esses períodos foram considerados como subparcelas. No período de 22 a 42 dias, os frangos que receberam pedrisco aumentaram (P<0,05) o consumo da ração com milho moído fino em relação aos que não o receberam. Entretanto, o pedrisco não influenciou o consumo das aves alimentadas com rações de milho inteiro ou moído grosso. Não foi observado efeito do pedrisco (P>0,05) com relação às demais variáveis do desempenho. Aparentemente, o fornecimento do pedrisco não apresenta vantagens, já que não beneficia o desempenho e o rendimento em carcaça. A ausência ou presença de pedrisco não afeta (P>0,05) o peso de moela vazia.O ganho de peso e a conversão alimentar apresentaram as melhores (P<0,05) médias em aves que se alimentaram com dietas de milho moído (grosso ou fino). O rendimento de carcaça não foi influenciado (P>0,05) pelas diferentes formas de apresentação de milho na ração; a ração de milho inteiro elevou (P<0,05) o teor de gordura abdominal nas aves. As moelas se apresentaram mais desenvolvidas (P<0,05) com o uso de ração de milho inteiro. O consumo de pedrisco não é influenciado (P>0,05) pelas diferentes formas de apresentação do milho e do sexo. Conclui-se que é viável o uso do milho moído grosso na alimentação de frangos de corte a partir de 21 dias de idade.O milho inteiro piora o desempenho, eleva o teor de gordura abdominal e desenvolve a moela. O fornecimento do pedrisco não apresenta vantagem.
metadata.teses.dc.description.abstract: In order to verify the influence of non-processing or processing forms of corn and the presence of granitic grit on the performance, carcass and gizzard development in broiler chickens,720 birds of both sexes were used. Chickens were submitted to the following treatments: processing form (whole, gross and fine ground), grit (absence and presence) and sex (male and female). Isonutritive diets with 19.1% of CP and 3,033 Kcal of ME/kg, were used. A completely randomized design in 3 x 2 x 2 factorial scheme (processing form, presence and absence of grit and sex), with four replicates and fifteen bird seach. A total of three consecutive periods (22 to 28, 29 to 35 and 36 to 42 days) were used as subplots. From 22 to 42 days, broilers in no grit diets reduced (P<0,05) feed intake with fine ground corn in relation to the ones receiving grit. However, grit did not influence feed intake of birds fed whole or gross ground corn rations. No effect (P>0,05) of grit was observed with relation to the other performance traits. Apparently, no advantages were obtained with grit inclusion, since it did not benefit either performance or carcass yield. Grit absence or presence did not affect (P>0,05) empty gizzard weight. Highest (P<0,05) weight gain and feed conversion were obtained in birds fed ground cora (gross or fine) diets. Non processing or different processing forms did not affect (P>0,05) carcass yield; but whole corn diet increased (P<0,05) fat pad content. Gizzards developed more (P<0,05) with the use of whole corn ration. Grit intake was not influenced (P>0,05) by treatment. In conclusion, the use of gross ground corn by 21day-old Broilers may be feasible. Whole corn reduced performance, increased fat pad content and gizzard development. Grit did not present any advantage.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11036
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.