Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11052

Título: Planos de nutrição baseados em níveis de lisina para suínos de dois genótipos abatidos aos 80 e 100 kg de peso vivo
Autor(es): Gomes, Francisco Edson
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0876247515026445
Orientador: Fialho, Elias Tadeu
Membro da banca: Beterchini, Antônio Gilberto
Membro da banca: Oliveira, Antônio Ilson Gomes de
Membro da banca: Lima, José Augusto de Freitas
Membro da banca: Gonçalves, Tarcísio de Moraes
Assunto: Suíno - Nutrição
Swine - Nutrition
Suíno - Pesos e medidas
Swine - Weight
Suíno - Abate
Suíno - Alimentação e rações
Swine - Feeding and feeds
Data de Defesa: 28-Ago-1998
Data de publicação: 13-Abr-2016
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Agroceres PIC
Referência: GOMES, F. E. Planos de nutrição baseados em níveis de lisina para suínos de dois genótipos abatidos aos 80 e 100 kg de peso vivo. 1998. 55 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 1998.
Resumo: Um experimento de desempenho e um de metabolismo foram realizados no setor de suinocultura da Universidade Federal de Lavras (UFLA), de 21 de outubro de 1996 a 27 de janeiro de 1997. Foram utilizados 84 suínos machos castrados de dois genótipos, sendo que 12 animais foram usados no ensaio de metabolismo e 72 no ensaio de desempenho. Na composição racial do genótipo I, participaram as raças Large White, Landrace, Duroc, Hampshire, Landrace Belga e Pietrain e do genótipo II, Yorkshire, Large White e Pietrain, em diferentes percentagens. Os planos de nutrição consistiram em níveis de lisina, sendo: plano A=0,90; 0,90;0,90% de lisina, respectivamente, para as fases de crescimento, terminação I e terminação II; planoB = 0,95; 0,95; 0,85% de lisina e planoC = 1,15; 1,05; 0,95%delisina. Na fase de crescimento, o nível mais alto de lisina apresentou maior retenção de nitrogênio (RN). O genótipo II (nesta rase) apresentou melhor balanço energético (BE) e maior RN; na fase de terminação, houve maior RN para o nível mais alto de lisina e o genótipo II apresentou melhor BE e maior RN. No ensaio de desempenho, os níveis de usina (planos de nutrição) não influenciaram o ganho de peso médio (GPM), consumo de ração médio (CRM) e a conversão alimentar (CA) nas fases assim como no período total, havendo efeito sobre o consumo de lisina diário (CLis) nas fases de crescimento e terminação, bem como no período total. A taxa de crescimento em músculo (TCM) e a conversão alimentar em músculo (CAM) não foram afetadas pelos níveis de lisina (planos de nutrição). O genótipo 2 apresentou maiores GPM, CRM e CLis em relação ao genótipo 1 e semelhante CA,nas fases estudadas. No período total teve maior GPM, CRM, CLis e TCM com semelhantes CA e CAM.Concluiu-se que níveis mais altos de lisina na ração resultaram em maior retenção de nitrogênio, sendo maior para os animais do genótipo II. O desempenho de suínos selecionados para maior potencial genético não foi influenciado pelos planos de nutrição, indicando que esses animais necessitam no mínimo, de 0,90% Lis e 3400 Kcal ED/Kg, correspondendoaum consumo médio de lisina total de 21,90, 26,92 e 27,69 g/animal/dia, para as fases de crescimento, terminação I e terminação n, respectivamente. Os suínos selecionados para maior potencial genético devem ser abatidos aos 80kg de peso vivo. Conclui-se, também, que suínos pertencentes ao genótipo II apresentaram melhor desempenho do que os do genótipo I.
Abstract: One performance and one metabolism assay were conducted in the swine sector of the Universidade Federa l de Lavras (UFLA), from October 21st, 1996 to January27th,1997,in order to evaluate the influence of the different levels of lyine in three feeding nutrition programs on the performance of swine of two different genotypes in the growing (30-55kg), finishing I (55-80kg) and finishing II (80-100kg) phases. A total of 84 barrows (being 12 metabolism assay and 72 performance assay) from two different genotypes (42 genotype I and 42 genotype II) were utilized. In the breeding composition of genotype I, the Landrace, Large White, Duroc, Belgian Landrace and Hampshire strains and for genotype II, Large White, Yorkshire and Pietrain strains in different percentages.The feeding programs used during all the production cicle were: Program A-0.90, 0.90 and 0.90% of lysine; Program B: 0.95, 0.95 and 0.85 of lysine; Program C:1.15, 1.05 and 0.95% of lysine for the growing, finishing I and finishing II phases, respectively. In the metabolism assay in growing and finishing phases the higher lysine level and Genotype II shown bether (P<0,01) Nitrogen Retention (NR) and Energy Balance(EB). In the performance assay the lysine level (feeding programs) had no influence (P>0,01) on the performance results on the diferents experimental phases (growing, finishing I and finishing II) as well as over all experimental period. Therefore the daily lysine intake (DLI) was influenced by growing and finishing phases as well as over all experimental period studied. The muscle growth rate (MGR) and musclein feeding convertion (MFC) was not affected (P>0,05) by lysine levels (feeding programs) tested. The pigs from genotype II shown better performance, MGR and DLI than those from genotype I, for growing, finishing I and finishing II phases and similar (P>0,05) feed Conversion and MFC. Considering that feeding programs (lysine levels) had no influence on pig performance on different phases, we should conclude that the minimum requirements for lysine should be 0.90% Lys and 3400 Kcal DE/Kg in the ration, that correspond to lysine intake of 21.90; 26.92 and 27.69 g/pig/day for growing, finishing I and finishing II phases respectively. The pigs also shoul be slaughtered at 80Kg,for attainment bether of lean meat performance. Also we conclude that the swine from genotype II shown bether performance than those from genotype I.
Informações adicionais: Dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11052
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Planos de nutrição baseados em níveis de lisina para suínos de dois genótipos abatidos aos 80 e 100 kg de peso vivo.pdf3,11 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback