Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11163

Título: Doses de gesso e distribuição em profundidade no solo de fungos micorrízicos arbusculares e glomalina em cafeeiro no cerrado
Título Alternativo: Gypsum dosage and distribution in depth in arbuscular mycorrhizal fungi soil and glomalin in coffee in Cerrado
Autor(es): Cogo, Franciane Diniz
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4252636H6
Orientador: Carneiro, Marco Aurélio Carbone
Membro da banca: Oliveira, Geraldo César de
Membro da banca: Saggin-Júnior, Orivaldo José
Membro da banca: Souza, Edicarlos Damacena
Membro da banca: Paulino, Helder Barbosa
Assunto: Coffea arabica L.
Produtividade
Composição da comunidade
Taxonomia
Proteína do solo
Glomeromycota
Sulfato de cálcio
Productivity
Community composition
Taxonomy
Protein soil
Glomeromycota
Calcium sulfate
Data de Defesa: 28-Abr-2016
Data de publicação: 18-Mai-2016
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: COGO, F. D. Doses de gesso e distribuição em profundidade no solo de fungos micorrízicos arbusculares e glomalina em cafeeiro no cerrado. 2016. 102 p. Tese (Doutorado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: A tese está dividida em duas partes, sendo a primeira uma introdução geral e a segunda, dois artigos. O primeiro artigo apresenta uma revisão bibliográfica sobre os fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) e a cultura do cafeeiro. Este artigo substitui o referencial teórico obrigatório na tese. Sua proposta é a uma revisão bibliográfica quantitativa e qualitativa, empregando-se meta-análise e revisão crítica dos avanços e tendências. A revisão mostrou a importância dos FMAs para o crescimento, nutrição de plantas e produção de grãos de cafeeiro. É evidente a existência de uma lacuna na avaliação dos diferentes manejos, adotados na cultura do cafeeiro e seus efeitos nos FMAs e a necessidade de ampliar as pesquisas, particularmente, em condições de campo, para se conferir a contribuição real dos FMAs como biofertilizantes, bioestimulante e biocontrole para o cafeeiro. O segundo artigo é um estudo sobre o impacto de crescentesdas doses de gesso agrícola, sobre a distribuição espacial de fungos micorrízicos arbusculares, glomalina e agregados do solo cafeeiro no Cerrado. Para tanto, avaliaram -se a densidade de esporos, riqueza de espécies, frequência de ocorrência, colonização radicular, glomalina no solo e nos agregados do solo, produtividade e teores de fósforo foliar e no grão. A riqueza total recuperada, na área sob cafeeiro, foi de 13 espécies de FMAs, sendo 9 espécies, na estação chuvosa e 10 espécies, na seca. Na estação chuvosa, a espécie Claroideoglomus etunicatum foi recuperada apenas no tratamento que recebeu 7 t ha -1 de gesso agrícola, na profundidade 0,20-0,40m e Rhizophagus intraradices somente no tratamento com 56 t ha -1 de gesso agrícola, na profundidade 0-0,40-0,60m; e, na estação seca, as espécies Acaulospora sp. e Glomus tortuosum foram recuperadas no tratamento que recebeu 7 t ha -1 de gesso agrícola, na profundidade 0-0,20m; e a Gigaspora sp. foi recuperada, em todas as doses de gesso agrícola e profundidade, nas duas estações. A aplicação de crescentesdas doses de gesso agrícola no solo sob cafeeiro não afetou a densidade de esporos e a riqueza de FMAs. A colonização radicular foi superior na profundidade 0-0,20m nas duas estações. Os teores proteína do solo facilmente extraível (PSGFE) diminuíram, linearmente, com o aumento da dose de gesso agrícola e aumentaram com a profundidade na estação chuvosa. Os agregados do solo com Ø>2,0 mm apresentaram os maiores teores de PSGFE nas duas estações
Abstract: The thesis is divided into two parts, the first being a general introduction, and the second two articles. The first article presents a literature review on the mycorrhizal fungi (AMF) and coffee plantations. This article replaces the required theoretical framework in the thesis. His proposal is a quantitative and qualitative literature review, using meta-analysis and critical review of developments and trends. The review showed the importance of mycorrhizal fungi for growth, plant nutrition and production of coffee beans. It is clear that there is a gap in the evaluation of different management methods, adopted in coffee and its effects on AMF and the need to expand the research, particularly under field conditions to give the real contribution of AMF as biofertilizers, biostimulant and biocontrol for coffee. The second paper is a study on the impact of high doses of phosphogypsum on the spatial distribution of mycorrhizal fungi and Glomalin and aggregates of the coffee ground in the Cerrado. Therefore, ensure reviewed the spore density, species richness, frequency of occurrence, root colonization, Glomalin soil and soil aggregate productivity and leaf phosphorus and grain. The total wealth recovered in the area under coffee, was 13 AMF species, 9 species in the rainy season and 10 species in the dry. In the rainy season, the Claroideoglomus Glomus species was recovered only treatment he received 7 t ha-1 of phosphogypsum in depth 0,20-0,40m and Rhizophagus intraradices only in the treatment with 56 t ha-1 of phosphogypsum in 0-0,40-0,60m depth; and in the dry season, the species Acaulospora sp. and Glomus tortuosum were recovered at the treatment he received 7 t ha-1 of phosphogypsum in depth 0-0,20m; and Gigaspora spp. It was recovered at all doses of gypsum and depth, the two stations. The application of high doses of gypsum in the soil under coffee did not affect spore density and richness of AMF. The root colonization was superior in depth 0-0,20m in two seasons. The protein content of the soil easily extractable (PSGFE) decreased linearly with increasing dose of phosphogypsum and increased with depth in the rainy season. The soil aggregates with Ø> 2.0 mm had the highest PSGFE levels in two seasons.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11163
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Doses de gesso e distribuição em profundidade no solo de fungos micorrízicos arbusculares e glomalina em cafeeiro no cerrado.pdf1,42 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback