Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DED - Departamento de Educação >
DED - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11453

Título: A representação da mulher na imprensa popular: o caso do Expresso Popular
Autor(es): Silva, Luciana Soares da
Cano, Márcio Rogério de Oliveira
Assunto: Mulheres na imprensa
Ironia
Metáfora conceptual
Women in the press
Irony
Conceptual metaphor
Publicador: Universidade Federal do Espírito Santo
Data de publicação: 2014
Referência: SILVA, L. S. da.; CANO, M. R. de O. A representação da mulher na imprensa popular: o caso do Expresso Popular. PERcursos Linguísticos, Vitoria, v. 4, n. 8, 2014.
Resumo: Este trabalho tem como objetivo discutir como a ironia se constitui como estratégia estilística no jornal e de que maneira esse estilo constrói e confirma estereótipos da mulher. Partimos da hipótese de que há metáforas conceptuais, no discurso jornalístico, que revelam e constroem estereótipos da mulher, guiando a seleção de recursos estilísticos como estratégia de envolvimento do leitor. A fim de alcançar nosso propósito, tomamos como fundamentação teórica o conceito de ironia, proposto por Maingueneau (2005), o conceito de estereótipo, discutido por Lippman (1970), Amossy (2005) e Charaudeau (2007) e o de metáfora conceptual proposto por Lakoff & Johnson (2002); constituímos o corpus com textos retirados do Jornal Expresso Popular, do mês de março de 2009 e procedemos à análise. Conforme a análise, verificamos que a ironia é o traço estilístico mais presente no material na representação da mulher. Além disso, por meio da ironia, constitui-se o exagero, que caracteriza o nível de sensacionalismo no jornal popular.
Abstract: This paper aims to discuss how the irony is constituted as a stylistic strategy in the newspaper and how that style builds and confirms stereotypes of women. We hypothesized that there are conceptual metaphors in the journalistic discourse, revealing and build stereotypes of women, guiding the selection of stylistic resources as a strategy to involve the reader. In order to achieve our purpose, we adopted theoretical concept of irony proposed by Maingueneau (2005), the concept of stereotype, discussed by Lippman (1970), Amossy (2005) and Charaudeau (2007) and the conceptual metaphor proposed by Lakoff & Johnson (2002). The corpus of analyses is constituted by texts taken from the newspaper Expresso Popular, the month of March 2009 and analyzed them. According to the analysis, we found that the irony is the most stylistic trait present in the material in the representation of women. Furthermore, through irony, constitutes the exaggeration that characterizes the level of sensationalism in popular newspaper.
URI: http://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/7062/5558
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11453
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DED - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback