Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11829
Título: Análise da ocupação do javali (Sus scrofa) no Parque Nacional do Itatiaia e entorno (Serra da Mantiqueira)
Título(s) alternativo(s): Wild boar occupancy analysis in Itatiaia national park and surroundings
Autor : Abreu, Thamiris Christina Karlovic de Abreu
Lattes: http://lattes.cnpq.br/6001700830431296
Primeiro orientador: Passamani, Marcelo
Primeiro membro da banca: Rosa, Clarissa Alves da
Segundo membro da banca: Rodrigues, Flávio Henrique Guimarães
Palavras-chave: Área de proteção ambiental
Invasões biológicas - Mata Atlântica
Environmental protection área
Biological invasions - Atlantic Forest (Brazil)
Sus scrofa
Data da publicação: 26-Set-2016
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO)
Referência: ABREU, T. C. K. de. Análise da ocupação do javali (Sus scrofa) no Parque Nacional do Itatiaia e entorno (Serra da Mantiqueira). 2016. 52 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: As áreas protegidas desempenham um papel primordial na conservação da nossa biodiversidade. Contudo, o frequente registro de espécies exóticas invasoras (EEIs) em Unidades de Conservação (UCs), tem colocado em xeque a eficácia destas áreas em garantir a preservação das espécies nativas. Somente na Mata Atlântica, cerca de 50% das UCs possuem registros de invasões biológicas, de forma que o javali (Sus scrofa), espécie com um dos maiores potenciais invasivos no mundo, compõem esta lista. De modo geral, o enfoque sobre as EEIs em nosso país é algo recente, o que faz com que as informações sobre suas características biológicas e impactos ecológicos sejam escassas, tornando o estudo ainda mais relevante. Assim, procuramos não só expor uma breve contextualização sobre o tema (Primeira parte), mas também elucidar os aspectos ecológicos das populações de javali em áreas no interior de duas UCs localizadas na Serra da Mantiqueira (Segunda parte), região considerada prioritária para a conservação da Mata Atlântica. O monitoramento dos javalis nos permitiu avaliar a ocorrência e ocupação da espécie, verificando que as relações com algumas variáveis são um reflexo das características das áreas onde se encontram. Atualmente, tais populações concentram-se em áreas de maior altitude, com temperaturas amenas e grande aporte de recursos alimentares. Contudo é factível que esta realidade se altere com o tempo e então a espécie passe a ocorrer em novas áreas. Logo, acompanhar a situação na região é essencial para a elaboração de planos de manejo, possibilitando esforços mais bem direcionados para o controle da espécie.
Abstract: The protected areas perform a primordial role in biodiversity conservation. However, frequent records of invasive exotic species (Espécies Exóticas Invasoras- EEIs) in Wildlife Protected Areas (Unidades de Conservação – UCs) have been compromising the effectiveness of UCs to preserve native species. Only in the Atlantic Forest, approximately 50% of UCs have invasive biological records, as the wild boar (Sus scrofa), which has a great invasive potential. Overall, the focus on EEIs in our country is a recent phenomenon, what makes information about their biological aspects and ecological impacts very limited. Therefore, we intend to not only expose a brief background on the topic (First part), but also elucidate the ecological aspects of wild boar populations in areas inside two protected UCs located in Serra da Mantiqueira (Second part), a priority region for the conservation of the Atlantic Forest. The monitoring of wild boars allowed us to assess the occurrence and occupation of the species, verifying that the relationship with some variables are reflex of the area aspects where they are. Currently, these populations are concentrated in high altitude areas market by low temperatures and a large amount of feeding resources. However, the current situation should change across time and then the species would occur in new areas. Therefore, follow the situation in the region is essential for the development of management plans, allowing better targeted efforts to control the species.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11829
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.