Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12008

Título: Épocas de coleta e tipos de incisão no cladódio para propagação de pitaia vermelha de polpa branca
Título Alternativo: Collection dates and incision types in cladodes for red pitaya spread white pulp
Autor(es): Laredo, Ranieri Reis
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4884228146485051
Orientador: Ramos, José Darlan
Membro da banca: Alvarenga, Ângelo Albérico
Membro da banca: Rufini, José Carlos Moraes
Membro da banca: Pio, Leila Aparecida Salles
Membro da banca: Pasqual, Moacir
Assunto: Cactaceae
Pitaia
Estacas
Propagação vegetativa
Pitaya
Cuttings
Vegetative propagation
Data de Defesa: 15-Set-2016
Data de publicação: 2016
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: LAREDO, R. R. Épocas de coleta e tipos de incisão no cladódio para propagação de pitaia vermelha de polpa branca. 2016. 83 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: A pitaia é uma frutífera exótica e promissora no Brasil, principalmente devido às suas características organolépticas. Os frutos, além do sabor agradável, são ricos em vitaminas, minerais, ácidos graxos essenciais, dentre outros benefícios. Apesar de sua expansão, são poucas as pesquisas com a cultura no Brasil. Além de estudos com relação ao manejo são necessários estudos inerentes à formação das plantas. O objetivo dessa pesquisa foi avaliar a influência da época de coleta de cladódios e diferentes tipos de incisão no enraizamento e brotação de estacas de pitaia vermelha de polpa branca na região de Lavras-MG. No primeiro experimento utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC), em parcelas subdivididas no tempo, com 12 tratamentos, 5 repetições e 5 estacas por parcela, realizando as coletas das estacas entre agosto de 2013 a julho de 2014. Os tratamentos foram: T1 = agosto, T2 = setembro, T3 = outubro, T4 = novembro, T5 = dezembro, T6 = janeiro, T7 = fevereiro, T8 = março, T9 = abril, T10 = maio, T11 = junho e T12 = julho. Foram avaliadas as características: número de brotações, comprimento da maior brotação, porcentagem de enraizamento (%), comprimento da maior raiz, biomassa fresca e seca das brotações e das raízes. Com os resultados, constatou-se que as coletas das estacas devem ser realizadas nos meses de julho, agosto e setembro. Nestes períodos, as plantas apresentaram melhor desenvolvimento para todas as características avaliadas. Sugere-se também, não coletar cladódios para formação de plantas de pitaia vermelha de polpa branca nos meses de novembro e dezembro, que coincidem com o período da floração, e nos meses de março e abril, devido ao início do repouso vegetativo e período de ocorrência de temperaturas mais baixas na região de Lavras-MG. No segundo experimento, foram estudados diferentes tipos de incisão no enraizamento de estacas de pitaia de polpa branca. Os tratamentos foram constituídos por: T1= incisão perpendicular na estaca (controle), T2 = incisão em bisel, 45º, T3 = remoção de 1/3 até atingir o eixo principal da estaca (periciclo), T4 = incisão perpendicular de 1/3 nas 3 faces da estaca, T5 = estaca sem incisão. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com 4 repetições e 5 estacas por parcela. Foram avaliadas as características: porcentagem e comprimento das brotações, porcentagem de enraizamendo, comprimento de raízes, volume de raízes, biomassa fresca e seca das brotações e das raízes. As diferentes incisões realizadas na base das estacas de pitaia vermelha de polpa branca propiciam elevada porcentagem de enraizamento na formação de plantas. O tratamento 4 pode ser utilizado para obtenção de um sistema radicular mais eficiente na formação de plantas de pitaia. De acordo com os resultados, sugerese a não utilização da incisão realizada em bisel, a 45º.
Abstract: The pitaya is an exotic and promising fruit in Brazil, mainly due to its organoleptic characteristics. The fruits beyond the pleasant taste are rich in vitamins, minerals, essential fatty acids, among other benefits and advantages. However, despite its expansion, there are only a few researches about pitaya in Brazil. Besides the studies about the handling, a study of the plants formation is necessary. Thus, the objective of this research was to evaluate the influence of the cladodes harvest time, and the different types of incision in the rooting and sprouting of the red pitaya stake in Lavras-MG region. In the first experiment was used the experimental design completely randomized, in a split-plot in time, with 12 treatments, 5 replications and 5 cuttings per plot, starting in August 2013 to July 2014.The treatments were: T1 = august, T2 = September, T3 = October, T4 = November, T5 = December, T6 = January, T7 = February, T8 = March, T9 = April, T10 = May, T11 = June e T12 = July. Were evaluated: number and length of the larger sprout, rooting percentage, length of the larger rooting, fresh and dry biomass of the sprouts and roots. According to the results, the harvest time of cuttings should be in July, August and September, these periods the plants have better development for all the characteristics evaluated. It is suggested not harvest cladodes of red pitaya in November and December, which coincides with the flowering season. Just as in the months of March and April, due to the beginning of a vegetative rest, and occurrence of lower temperatures in Lavras region. In the second experiment were studied different types of incision in the rooting stakes of red pitaya with white pulp. The treatments were: T1 = perpendicular incision in the stakes (control), T2 = bevel incision, 45º, T3 = Removal 1/3 until reach the main axis of the cutting, (pericycle), T4 = perpendicular incision in 1/3 of the 3 faces from the cutting, T5 = cutting without incision. The experimental design was completely randomized, with four replications and five cuttings per plot. Were evaluated: percentage and length of sprouting, length and volume of the root system, fresh and dry biomass of sprouts and roots. Different incisions made on the basis of red pitaya stakes provides high rooting percentage in the formation of plants. The treatment 4, can be used for getting a more efficient radicular system in the plants formation of pitaya and in accordance with the results it is suggested to not use of the incision carried out in bevel, 45 °.
Informações adicionais: Esta dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, disponível em http://www.biblioteca.ufla.br/wordpress/wp-content/uploads/res090-2015.pdf, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12008
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Épocas de coleta e tipos de incisão no cladódio para.pdf808,61 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback