Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12164
metadata.teses.dc.title: Avaliação de indutores na obtenção de duplo-haploides em germoplasma tropical de milho
metadata.teses.dc.title.alternative: Evaluation of inducers for obtaining double-haploids in tropical corn germplasma
metadata.teses.dc.creator: Silva, Maxwel Vieira da
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Souza, João Cândido de
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Techio, Vânia Helena
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Rangel, Ramon Macedo
metadata.teses.dc.subject: Zea mays L.
Milho - Melhoramento genético
Linhagem duplo-haploides
Indutor de haploidia
Corn - Breeding
metadata.teses.dc.date.issued: 20-Jan-2017
metadata.teses.dc.identifier.citation: SILVA, M. V. da. Avaliação de indutores na obtenção de duplo-haploides em germoplasma tropical de milho. 2016. 37 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
metadata.teses.dc.description.resumo: A tecnologia de duplo-haploides é uma ferramenta importante para o melhoramento de milho, pois permite acelerar a obtenção de linhagens endogâmicas. Porém, a eficiência dos indutores de haploidia em regiões tropicais ainda é baixa. O objetivo deste trabalho foi avaliar a taxa de indução de haploidia de três indutores em diferentes populações de milho provenientes da empresa Syngenta Brasil. Este trabalho foi realizado durante o ano de 2015 na Estação Experimental da Syngenta em Uberlândia – MG. Em março de 2015, foram semeados três indutores de haploidia (A, B e C) para serem utilizados como genitores masculinos, e seis populações (1, 2, 3, 4, 5 e 6) para serem utilizadas como genitores femininos. As sementes colhidas foram classificadas visualmente como haploides, utilizando-se o marcador morfológico R-Navajo. As plantas originadas pelas sementes consideradas haploides foram tratadas com colchicina para duplicação cromossômica. Posteriormente, foram transplantadas a campo, em outubro de 2015, e aquelas com reduzido vigor foram confirmadas como duplo-haploides. A partir do número de sementes obtidas em cada cruzamento e o número de plantas consideradas duplo-haploides no campo, calculou-se a taxa de obtenção de duplo-haploides (DH). Observaram-se taxas de obtenção de DH entre 0,18 e 5,6%. Verificou-se que tanto os indutores quanto as populações influenciaram a taxa de obtenção de DH. Além disso, esses fatores interagiram entre si. O Indutor C proporciona as maiores taxas de obtenção de DH para a maioria das populações avaliadas. De modo geral, as populações 2, 4 e 6 apresentam as maiores taxas de obtenção de DH.
metadata.teses.dc.description.abstract: The technology of double-haploid is an important tool for corn breeding, allowing the swift achievement of inbred lines. However, the efficiency of the haploidy inducers in three tropical regions is still low. The objective of this work was to evaluate the haploidy induction rate of three inducers in different corn populations derived from the Syngenta Brasil company. This work was conducted during the year of 2015 at the Syngenta Experimental Station in Uberlandia, Minas Gerais, Brail. In March of 2015, three haploidy inducers (A, B and C) were sown in order to be used as male genitors, and six populations (1, 2, 3, 4, 5 and 6), sown in order to be used as female genitors. The harvested seeds were visually classified as haploids using the R-Navajo morphological marker. The plants originated by the seeds considered haploid were treated with colchicines for chromosome duplication. Subsequently, the plants were transplanted to the field in October of 2015, and, those presenting reduced vigor were confirmed as double-haploid. With the number of seeds obtained in each cross, and the number of plants considered double-haploid in the field, we calculated the double-haploid (DH) occurrence rates, verifying rates between 0.18 and 5.6%. We observed that both inducers and populations influenced the DH occurrence rate. In addition, these factors interact between each other. Inducer C provided the highest DH occurrence rate for most of the evaluated populations. In general, populations 2, 4 and 6 presented the highest DH occurrence rates.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12164
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado Profissional (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.