Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12307
Título : Minas Gerais no poeta “de sete faces”
Autor: Portolomeus, Andréa
Palavras-chave: Minas Gerais - Movimento modernista
Carlos Drummond de Andrade
Poesia mineira
Publicador: Centro Universitário de Patos de Minas
Data da publicação: Nov-2011
Referência: PORTOLOMEUS, A. Minas Gerais no poeta “de sete faces”. Revista Alpha, Patos de Minas, v. 12, p. 13-19, nov. 2011.
Resumo : Este trabalho pretende pensar a presença de Minas Gerais na obra do poeta moder‐ nista  Carlos Drummond de Andrade. Entendemos que a produção poética de Drummond deve ser observada sob dois pontos diferentes, mas necessariamente complementares. De um ângulo, considera‐se a atuação do poeta como aglutinador de um movimento modernista mineiro, que dialogava com outras expressões regionais ou internacionais desse movimento estético. De ou‐ tro ângulo, nota‐se o expresso conteúdo memorialista dessa produção entranhado numa forma particular de abordagem dos assuntos em poesia. Assim, grande parte dos pesquisadores avalia a memória como elemento explorado sistematicamente, e de diferentes modos, pelo poeta ao longo de sua obra. É sabido que o poeta não precisaria referir‐se a Minas ou Itabira para expres‐ são de uma poética mineira. Machado de Assis, no seu famoso ensaio “Instinto de nacionalida‐ de”, nos explica que a temática só se justifica como matéria de poesia pelo fato de trazer as con‐ dições do belo ao leitor. E assim o é com Drummond que, elidindo sujeito e objeto, interior e exterior, ultrapassa um referencial memorialista, tornado, inclusive, matéria de reflexão sobre o próprio ato de fazer poesia. 
Abstract: The purpose of the current work is to reflect upon the presence of Minas Gerais in the work of Carlos Drummond de Andrade, a Brazilian modernist poet. We consider that Drummond’s poetic production should be comprehended under two different points of view, though necessarily complementary to each other. From one perspective, the poet’s performance is viewed as one who aggregates the modernist movement of Minas Gerais, since he has dia‐ logued with other regional or even international expressions of this esthetic movement. From another perspective, one may notice the explicit reminiscent content of this production deeply embedded in a quite particular approach of topics related to poetry. Thereby, great part of re‐ searchers considers memory as an element explored both systematically and in different forms by the poet throughout his work. It is widely known that the poet would not need to refer to Minas or Itabira in order to express a “mineira” poetics. Machado de Assis, in his remark‐ able essay “Instinto de nacionalidade”, explains that the theme can only be justified as subject of poetry by the fact that it may proportion the conditions of beauty to the reader. And that is what Drummond does, eliding subject and object, interior and exterior: he goes further than a reminiscent referential, becoming also matter of reflection on the act of making poetry itself.
URI: http://alpha.unipam.edu.br/documents/18125/25386/minas_gerais_no_poeta_de_sete_faces.pdf
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12307
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCH - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.