Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1313

Título: A luta por autonomia no Assentamento Santo Dias : uma abordagem da condição camponesa
Autor(es): Bronzatto, Luiz Augusto
Orientador: Oliveira, Maria de Lourdes Souza
Coorientador(es): Assis, Thiago Rodrigo de Paula
Membro da banca: Oliveira, Marcelo Leles Romarco de
Mafra, Flávia Luciana Naves
Alves, Jacqueline Magalhães
Assis, Thiago Rodrigo de Paula
Área de concentração: Organizações, Gestão e Sociedade
Assunto: Agricultura
Reforma agrária
Camponeses
Sociologia agrícola
Peasants
Settlement
Autonomy
Data de Defesa: 31-Jul-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: BRONZATTO, L. A. A luta por autonomia no Assentamento Santo Dias: uma abordagem da condição camponesa. 2013. 144 p. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de compreender como são desenvolvidas as ações para a busca de autonomia pelos agricultores camponeses do Assentamento Santo Dias (ASD). A fim de trazer maiores elementos para a busca desse objetivo, foi necessário resgatar diversas leituras, desenvolvidas ao longo do tempo, sobre o camponês, no intuito de compreender como se moldou a condição camponesa na sociedade, incluindo a brasileira, bem como a racionalidade orientadora de suas ações e as suas formas de reprodução social. Neste resgate, evidenciaram-se duas questões antagônicas: uma refletia sobre a condição de submissão do camponês a um ambiente coercivo e hostil, e a outra considera esse ator social um ser pensante, um tomador de decisões, que estabelece estratégias para superar determinados quadros de hostilidade, buscando sua autonomia a partir do fortalecimento de suas bases de recursos e dos aspectos relacionados à coprodução. Outros elementos se fizeram necessários para as análises, como o entendimento sobre as vivências praticadas nos assentamentos de reforma agrária, tendo em vista o ambiente empírico da pesquisa. A metodologia de cunho qualitativo, alicerçada pelo método circular de pesquisa, buscou, por meio de entrevistas semiestruturadas, de levantamento documental e de observações, permitiu identificar determinadas estratégias familiares em curso no ASD, tendo em vista a busca por autonomia. Os dados recolhidos acenaram que há uma diversidade de situações e que as estratégias estabelecidas pelas famílias levam em conta a dinâmica e a estrutura familiar. Mesmo diante deste contexto, as estratégias sócio-produtivas estabelecidas a partir de três grupos familiares distintos puderam ser analisadas. Os resultados desta análise apontam que o fortalecimento das bases de recursos (físico, social e cultural) do ASD, com vistas a estabelecer estratégias de coprodução que elevem o grau de autonomia dos agricultores assentados, deve prezar a equidade, e que a base de recurso social configura-se como a que mais deve ser perseguida diante da atual realidade visualizada no assentamento.
The aim of this study was to understand how the actions are developed for the search of autonomy by the peasant farmers of the Santo Dias settlement (ASD).In order to bring more elements to the pursuit of that goal, it was necessary to rescue several readings, developed over time, about the peasant, in order to understand how they shaped the peasant condition in society including the Brazilian, as well as rationality guiding of their actions and its social reproduction. This rescue showed up two issues antagonistic: one reflected on the condition of submission Peasant, inserted in a hostile and coercive environment, and other elements that brought this social actor sets up a thinking being, a decision maker, establishing strategies to overcome certain frames of hostility, having as its seeks autonomy from strengthening their resource bases and aspects related to the coproduction. Other elements became necessary for the analyze, as a better understanding of the experiences practiced in agrarian reform settlements, considering the environment of this empirical research. The methodology applied a qualitative, grounded by the circular method of research, sought, through semi-structured interviews and observations identify specific family strategies underway in ASD in order to search for autonomy. Data collected waved that there is a diversity of situations and that the strategies established by the families took into account the dynamics and family structure. Even before this context, the strategies socio-productive established from three distinct family groups could be analyzed. The results of this analysis indicate that the strengthening of the resource base (physical, social and cultural) of ASD in order to establish strategies for co-production, which raise the autonomy degree of settled farmers, should value the equity, and the base social resource configures itself to that more should be pursued before the current reality viewed in settlement.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Administração, área de concentração em Organizações, Gestão e Sociedade, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1313
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_A luta por autonomia no assentamento Santo Dias uma abordagem da condição camponesa.pdf1,34 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback