Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13225

Título: Gestão de cooperativas: uma análise do tipo de racionalidade predominante
Título Alternativo: Cooperative management: an analysis of the predominant type of rationality
Autor(es): Machado, Jéssica de Carvalho
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4336062P6
Orientador: Pereira, José Roberto
Membro da banca: Vilas Boas, Ana Alice
Membro da banca: Cançado, Airton Cardoso
Membro da banca: Cabral, Eloísa Elena de Souza
Assunto: Cooperativas – Administração
Racionalidade instrumental
Racionalidade comunicativa
Cooperative societies – Management
Instrumental rationality
Communicative rationality
Habermas, Jürgen, 1929-
Olson, Mancur
Data de Defesa: 18-Abr-2017
Data de publicação: 13-Jun-2017
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: MACHADO, J. de C. Gestão de cooperativas: uma análise do tipo de racionalidade predominante. 2017. 144 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: Diante da necessidade de analisar a gestão de cooperativas, por meio de uma racionalidade que evidencie a prática dos princípios cooperativistas e não que leve em consideração a racionalidade voltada para as empresas mercantis, apresenta-se nessa dissertação, uma análise do tipo de racionalidade predominante na gestão de cooperativas. Para tanto, buscou-se compreender as características da organização cooperativa, para que uma análise adequada da gestão da organização pudesse ser desenvolvida. Adiante, buscou-se compreender a racionalidade instrumental por meio da ótica do autor Mancur Olson (1999), com base em seu livro ‘A lógica da ação coletiva’, e a racionalidade comunicativa, por meio de Jürgen Habermas (2002), com base em sua teoria e obra ‘Teoria do Agir Comunicativo’. Para analisar a racionalidade predominante na gestão das cooperativas, realizou-se uma análise bibliométrica dos artigos encontrados na base de dados Web of Science, com o intuito de entender o campo a ser analisado, bem como autores, obras, países e palavras-chaves mais relevantes no campo analisado, a saber ‘cooperativa e racionalidade’. Após a análise do campo geral, buscou-se artigos também na Scielo e na Spell, e por meio dessas bases, selecionou-se os artigos empíricos que relacionavam ‘cooperativa e racionalidade’ e partiu-se para um análise destes, por meio de categorias teóricas desenvolvidas com base na compreensão teórica das obras de Olson e Habermas. Diante dessa análise categórica, observou-se que a racionalidade instrumental é a mais predominante em estudos sobre cooperativas, e por mais que, em alguns momentos, os estudos abordem relações voltadas para uma ação comunicativa entre os membros, a racionalidade comunicativa não foi identificada, de fato, em nenhum dos artigos. Com base nessa realidade, buscou-se argumentar que a racionalidade comunicativa pode ser utilizada como nova forma de ação nas cooperativas, sendo possível, por meio dos princípios cooperativos, uma vez que estes permitem relacioná-los com os pressupostos apresentados por Habermas na ‘Teoria do Agir Comunicativo’. Diante dessa evidência, propõe-se que novos estudos sejam realizados, utilizando a racionalidade comunicativa como uma abordagem em estudos de organizações cooperativas, para que essa análise seja compreendida na prática.
Abstract: Faced with the need to analyze a cooperative management through a rationality that shows a practice of cooperative principles and not that takes into account the rationality directed at the companies of commodification, presents an analysis of the analysis of the type of rationality predominant in the management of Cooperatives. For this, we look for characteristics of the cooperative organization, for which an accurate analysis of the management of the organization can be developed. (1999), based on his book "The logic of collective action" and communicative rationality through Jürgen Habermas (2002), based on his theory and work "Theory of Communicative Action." In order to analyze a predominant rationality in the management of cooperatives, it performs a bibliometric analysis of the articles found in the "Web of Science" database in order to understand the field to be analyzed, as well as the authors, works, countries and words The most relevant keys in the analyzed field, a knowledge "cooperative and rationality". After an analysis of the general field, we search for articles also in Scielo and Spell, and by means of bases, we select the empirical articles that related "cooperative and rationality" and we start for an examination these by means of theoretical categories developed on the basis of the understanding From the works of Olson and Habermas. Faced with this categorical classification, we observe that an instrumental rationality is more predominant in studies on cooperatives and that, although at times, the studies approach relations directed to a communicative action among the members, an unidentified communicative rationality, the fact, In None of the articles. Based on this reality, we seek to argue that a communicative rationality can be used as a new form of action in the cooperatives, being possible through the cooperative principles, since we are related to the other assumptions by Habermas in "Theory of Communicative Action ". Given this evidence, we propose that new studies be conducted using a communicative rationality as an approach in cooperative studies for what is analysable.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13225
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Gestão de cooperativas uma análise do tipo de racionalidade predominante.pdf1,46 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback