Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1350
Título: Comparação da anatomia foliar e dos óleos essenciais de Drimys brasiliensis Miers (Winteraceae) em uma Floresta Ombrófila Densa Altomontana
Autor : Cruz, Bruna Paula da
Primeiro orientador: Castro, Evaristo Mauro de
Primeiro membro da banca: Cardoso, Maria das Graças
Azevedo, Aristéa Alves
Riina, Ricarda
Área de concentração: Botânica Aplicada
Palavras-chave: Drimys brasiliensis - Anatomia foliar
Drimys brasiliensis - Óleos essenciais
Floresta Nebular - Altitude
Cloud Forest
Essential oils
Leaf anatomy
Data da publicação: 2013
Referência: CRUZ, B. P. da. Comparação da anatomia foliar e dos óleos essenciais de Drimys brasiliensis Miers (Winteraceae) em uma Floresta Ombrófila Densa Altomontana. 2013. 86 p. Dissertação (Mestrado em Botânica Aplicada) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Drimys brasiliensis Miers é nativa do Brasil, onde é encontrada principalmente em florestas de altitude e áreas alagadas do sul e sudeste. Objetivou-se neste trabalho comparar a anatomia foliar e a constituição química dos óleos essenciais de D. brasiliensis presente em duas cotas altitudinais (1900 e 2100 m), em uma Floresta Ombrófila Densa Altomontana, em Itamonte, MG. O material vegetal foi coletado a partir de quatro indivíduos/cota de altitude. A caracterização da anatomia foliar foi realizada, obtendo-se secções paradérmicas e transversais para a realização de análise estomática e medição da espessura dos tecidos foliares. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Scott-Knott. Também foram realizados testes histoquímicos e microscopia eletrônica de varredura. As extrações dos óleos essenciais foram realizadas por hidrodestilação, e a identificação e quantificação dos constituintes por cromatografia em fase gasosa. Para verificar a similaridade entre os óleos quanto às proporções de seus constituintes, foi utilizada a análise de componentes principais. Observou-se maior número de esclereídeos no mesofilo das folhas a 1900 m de altitude. A 2100 m, observou-se a formação de papilas na superfície abaxial das folhas, o aumento da densidade e índice estomáticos, a diminuição da espessura dos tecidos foliares e o aumento de espaços intercelulares no mesofilo. Essas características parecem otimizar a absorção de CO2 a 2100 m, onde ocorre diminuição na pressão parcial desse gás atmosférico. Foram identificados 59 constituintes nos óleos da espécie, com predominância dos sesquiterpenos. Ocorreu o favorecimento da biossíntese de álcoois sesquiterpênicos a 1900 m, e de fenilpropanoides e da epi-ciclocolorenona, a 2100 m.
Drimys brasiliensis Miers is native to Brazil, where it is mainly found in montane forests and wetlands of the south and southeast regions of the country. The objective of the present work was to compare the leaf anatomy and the chemical constitution of the essential oils of D. brasiliensis present in two altitude levels (1900 and 2100 m), in a Montane Cloud Forest, in Itamonte, MG. The plant material was collected from four individuals/altitude level. The characterization of the leaf anatomy was carried out by obtaining paradermal and cross sections to perform the stomatal analysis and to measure the thickness of the leaf tissues. The data were submitted to a variance analysis and to the Scott-Knott test. Histochemical tests have also been carried out, as well as scanning electron microscopy. The essential oils extractions have been carried out by hydrodistillation and the identification and the quantification of the constituents by gas chromatography. In order to check the similarity among the oils regarding the proportion of their constituents, principal component analysis has been used. Higher number of sclereids was noted in the mesophyll of the leaves at 1900 m altitude. At 2100 m, the formation of papillae was noted on the abaxial surface of the leaves, as well as an increase in the stomatal density and index, the reduction of the leaf tissues thickness and an increase in the intercellular spaces of the mesophyll. It seems that these characteristics optimize the CO2 absorption at 2100 m, where there is a reduction in the partial pressure of this atmospheric gas. Fifty-nine constituents have been identified in the species oils, with the predominance of sesquiterpenes. The biosyntheses of sesquiterpene alcohols at 1900 m, and phenylpropanoids and epi-cyclocolorenone at 2100 m, were favored.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1350
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.