Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15541
Título : Spatial continuity of soil attributes in an Atlantic Forest remnant in the Mantiqueira Range, MG
Título(s) alternativo(s): Continuidade espacial de atributos do solo sob remanescente de Mata Atlântica na Serra da Mantiqueira, MG
Autor: Santos, Marcela de Castro Nunes
Mello, José Marcio de
Mello, Carlos Rogério de
Ávila, Léo Fernandes
Palavras-chave: Soils – Analysis
Geology – Statistical methods
Watershed – Mantiqueira Range, State of Minas Gerais, Brazil
Solos - Análise
Geologia – Métodos estatísticos
Bacia hidrográfica – Serra da Mantiqueira, MG
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Data da publicação: Jan-2013
Referência: SANTOS, M. de C. N. et al. Spatial continuity of soil attributes in an Atlantic Forest remnant in the Mantiqueira Range, MG. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 37, n. 1, p. 68-77, jan./fev. 2013.
Resumo : A caracterização espacial de atributos do solo é fundamental para o entendimento de ecossistemas florestais. Neste trabalho, objetivoi-se desenvolver um estudo geoestatístico de atributos químicos e físicos do solo em três profundidades (P1 – 0-20 cm; P2 – 20-50 cm; P3 – 50-100 cm), em uma Microbacia Hidrográfica Experimental inteiramente coberta por Mata Atlântica, na região Serra da Mantiqueira, Minas Gerais. Todas as variáveis consideradas apresentaram estrutura de dependência espacial nas três profundidades, sendo que os maiores graus de dependência espacial foram observados para pH nas três profundidades, capacidade de troca de cátions potencial do solo em P3, matéria orgânica do solo em P1 e P3 e argila e densidade do solo em P2. O método mais utilizado para ajuste foi o da Máxima Verossimilhança e o modelo mais selecionado foi o Exponencial. Além disso, os mapas de krigagem permitiram boa visualização da distribuição espacial das variáveis.
Abstract: The spatial characterization of soil attributes is fundamental for the understanding of forest ecosystems. The objective of this work was to develop a geostatistical study of chemical and physical soil attributes at three depths (D1 – 0-20 cm; D2 – 20-50 cm; D3 – 50-100 cm), in an Experimental Hydrographic Micro-catchment entirely covered by Atlantic Forest, in the Mantiqueira Range region, Minas Gerais. All the considered variables presented spatial dependence structure in the three depths, and the largest degrees of spatial dependence were observed for pH in the three depths, soil cation exchange capacity potential in D3, soil organic matter in D1 and D3 and clay and soil bulk density in D2. The method most used for the adjustments of semi-variogram models was the Maximum Likelihood and the most selected model was the Exponential. Furthermore, the ordinary kriging maps allowed good visualization of the spatial distribution of the variables.
URI: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15541
Idioma: en_US
Aparece nas coleções:DEG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Spatial continuity of soil attributes in an Atlantic Forest....pdf789,1 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons