Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1643

Título: Identificação de espécies biológicas no complexo Fusarium solani - FSSC
Título Alternativo: Identification of biological species in the Fusarium solani species complex- FSSC
Autor(es): Matos, Kedma da Silva
Orientador: Pfenning, Ludwig Heinrich
Membro da banca: Souza, Elaine Aparecida de
Dias, Eustáquio Souza
Assunto: Fusarium solani
Haematonectria
Microbiologia agrícola
Agricultural microbiology
Data de Defesa: 23-Fev-2011
Data de publicação: 2014
Referência: MATOS, K. da S. Identificação de espécies biológicas no complexo Fusarium solani - FSSC. 2011. 48 p. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: O complexo Fusarium solani - FSSC (teleomorfo Haematonectria) é composto por várias espécies filogenéticas e biológicas que causam doenças em diversas de plantas cultivadas. O objetivo do trabalho foi avaliar a presença de espécies biológicas em uma coleção de 68 isolados pertencentes ao FSSC, obtidos de diferentes espécies de plantas hospedeiras e do solo, por meio de teste de homotalismo, determinação de mating type, avaliação da compatibilidade sexual e marcadores morfológicos. Protocolos disponíveis na literatura foram adaptados para o teste de homotalismo e os cruzamentos. No teste de homotalismo, isolados monospóricos foram transferidos para SNA e mantidos em temperatura ambiente para verificar a formação espontânea de peritécios férteis. O mating type foi determinado por PCR utilizando primers específicos e isolados de tipos opostos foram cruzados em meio cenoura-agar. Dos isolados avaliados, 11 foram homotálicos, compartilharam as mesmas características morfológicas e pertencem à espécie Haematonectria ipomoeae. O mating type foi determinado para 26 isolados, oito de MAT-1 e 18 de MAT-2. Em 17 cruzamentos foram encontrados peritécios férteis, com isolados obtidos exclusivamente de soja e feijão. Essa espécie heterotálica foi identificada como Haematonectria haematococca. Cruzamentos com isolados obtidos de outras plantas não formaram peritécios férteis. O tamanho do asco mostrou-se um marcador para a distinção das espécies biológicas, já que foram maiores em H. haematococca. Caracteres do anamorfo são variáveis e não permitem seu uso como marcadores morfológicos. A espécie homotálica parece ser um patógeno inespecífico de diferentes plantas, enquanto que a espécie heterotálica provavelmente representa um patógeno de leguminosas. A identificação de espécies biológicas distintas no FSSC será complementada por análises de filogenia molecular e testes de patogenicidade.
Abstract: The Fusarium solani species complex - FSSC (teleomorph Haematonectria) is an aggregate of several phylogenetic and biological species, which cause disease in a wide range of crop plants. The objective of this work was to evaluate the presence of biological species within a collection of 68 isolates belonging to the FSSC, obtained from different host plants and from soil in Brazil. The mating type was determined by PCR using specific primers, followed by evaluation of sexual compatibility through crossings of isolates belonging to opposite mating types on carrot agar. To check for homothalism, monosporic cultures were plated on SNA and maintained at about 25°C for spontaneous production of fertile perithecia. The presence of differential morphological markers amongst the isolates was also evaluated. Eleven isolates were found to be homothallic and showed morphological characters matching the descriptions of Haematonectria ipomoeae. It was possible to determine the mating type of 26 isolates, eight of MAT-1 and 18 of MAT-2. Fertile perithecia were produced in 17 crossings among different isolates from soybean and common bean. This heterothallic species was tentatively identified as Haematonectria haematococca. Isolates from others plants did not produce fertile crossings. The size of asci was a useful marker for distinguishing the two biological species, with H. haematococca producing bigger asci. Characters of the anamorph were variable and could not be used as morphological markers. The homothallic species seems to be an unspecific pathogen, occurring in different host plants, while the heterothallic species probably represents a pathogen of leguminosae. Identification of biological species will be complemented by phylogenetic analysis and pathogenicity tests.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola, área de concentração em Microbiologia Agrícola, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1643
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Identificação de espécies biológicas no complexo Fusarium solani - FSSC.pdf1,19 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback