Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1860

Title: Um estudo sobre a dinâmica identitária de professoras gerentes de uma universidade pública
Other Titles: A study on the identity dynamics of female managers of a public university
???metadata.dc.creator???: Miranda, Adílio Renê Almeida
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Cappelle, Mônica Carvalho Alves
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Mafra, Flavia Luciana Naves
???metadata.dc.contributor.referee1???: Brito, Mozar José de
Machado, Hilka Vier
???metadata.dc.description.concentration???: Organizações, Estratégia e Gestão
Keywords: Identidade
Gênero
Gerência
Gestão pública
Identity
Gender
???metadata.dc.date.submitted???: 22-Feb-2010
Issue Date: 30-Jul-2014
Citation: MIRANDA, A. R. A. Um estudo sobre a dinâmica identitária de professoras gerentes de uma universidade pública. 2010. 162 p. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: A inserção do contingente de mulheres no mundo produtivo implica em mudanças nos modos de constituição do sujeito feminino, que parece estar cada vez mais relacionado ao trabalho. Por outro lado, as relações de trabalho também se modificam, na medida em que ocorre uma interação entre os indivíduos e a organização. Nessa perspectiva, as mulheres se reconhecem, assim como os outros as reconhecem, não apenas como mães, donas de casa, esposas, mas também como trabalhadoras. Aliás, devido à importância que as organizações adquiriram na vida das pessoas, a percepção e o julgamento de "si" e dos "outros", ou seja, a identidade, passam a ser construídos também a partir de elementos advindos do universo organizacional e não apenas da esfera pessoal e social. Nesse sentido, esta pesquisa foi realizada com o objetivo de compreender a dinâmica identitária de mulheres que assumiram/assumem cargos gerenciais em uma universidade pública. Neste trabalho, os sujeitos da pesquisa foram as professoras gerentes que, com aporte do método da história de vida, relataram suas trajetórias, trazendo à memória recordações da infância, adolescência e vida adulta. Foram relatadas também a vida acadêmica e a inserção na UFP como docentes e, posteriormente, como gestoras. Os relatos permitiram conhecer o universo da gestão pública universitária, assim como as dificuldades, as contradições e os desafios da gerência feminina. Algumas dessas dificuldades são inerentes à própria função gerencial; outras, por sua vez, são decorrentes de questões ligadas ao gênero, ao saber, à questão das assimetrias de poder expostas pelo poder simbólico; a casos de assédio moral; ao fenômeno do "teto de vidro"; à discriminação e ao preconceito, principalmente por meio do discurso. Esse ambiente é representado por algumas delas, por meio de metáforas. Do ponto de vista teórico-conceitual da identidade, percebeu-se que, em geral, as entrevistadas buscam negociar suas atuações como sujeitos, indivíduos e atores com as identidades que são construídas com base em processos biográficos (identidade para si) e relações sociais (identidade para o outro). Assim, elas não são apenas sujeitos, indivíduos ou atores, mas os três conjuntamente que se articulam e agem de acordo com as necessidades cotidianas dos contextos diferenciados nos quais interagem em momentos, intensidades e razões diferenciadas. Por fim, com esta pesquisa evidenciou-se que a dinâmica identitária das professoras entrevistadas é um processo que conjuga experiências advindas dos processos de socialização, primária ou secundária, abrangendo as relações pessoais, sociais e no trabalho.
The addition of women in the work place has led to changes in the ways of constitution of the feminine subject, which seems to be increasingly more related to work. On the other hand, as the interaction between individuals and organizations happens, changes in work relations also occur. In this perspective, women recognize themselves, as well as others recognize them, not only as mothers, housewives or spouses, but also as workers. Given the importance that organizations have in people´s lives, the perception and judgment about themselves and about others, in other words, the identity is also constructed from the organizational universe, not only from the personal and social spheres.The intent of this research is to understand the identity dynamic of women that have/had management positions at a public university. The research subjects are female professors that related their career paths through the method of life story, bringing infant, adolescence and adult memories. Their academic life, their work in the university as professors and then, as managers, were also reported. The reports showed the universe of public management of the university, as well as the difficulties, contradictions and challenges. Some of these difficulties are inherent to the management role. Additionally, some are attributed to gender issues, such as power asymmetry shown by simbolic power; cases of moral harassement; the "glass ceiling" phenomenon; discrimination and prejudice. This environment is represented by some of the professors through metaphors. Considering the theoretical-conceptual aspect of identity, it was noticed that the interviewees tried to represent their actions as subjects, individuals and actors with the identities that are based on biographic processes ("self identity") and also on social relations ("identity to other"). Therefore, they are not only subjects, individuals or actors, but the three together ("identity to other"), which act according to the needs of different contexts. In conclusion, this research shows that the identity dynamic of the female professors is a process that embraces experiences that came from the socialization processes - primary or secondary - including personal, social and work relations.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1860
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Um estudo sobre a dinâmica identitária de professoras gerentes de uma universidade pública.pdf585.06 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback