Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEG - Departamento de Engenharia >
DEG - Programa de Pós-graduação >
DEG - Engenharia de Sistemas e Automação - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1919

Título: Desenvolvimento de um sistema para detecção de dispersóides no ar
Autor(es): Rufino, Carlos Antônio
Orientador: Rabelo, Giovanni Francisco
Membro da banca: Lacerda, Wilian Soares
Fabbro, Inácio Maria Dal
Área de concentração: Modelos de Sistemas Biológicos
Assunto: Radiação infravermelha
Poeira
Dispersão
Dispersoides
Scattering
Infrared light
Particles
Dispersoids
Data de Defesa: 28-Abr-2011
Data de publicação: 1-Ago-2014
Referência: RUFINO, C. A. Desenvolvimento de um sistema para detecção de dispersóides no ar. 2011. 92 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Sistemas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: A quantidade de poeira em suspensão no ar pode ser prejudicial à saúde humana se não forem respeitados os limites previamente estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O ar está poluído quando contém elementos estranhos à sua composição natural: oxigênio, nitrogênio, gases nobres e vapor d'água e até dióxido de carbono. As formas mais comuns de poluição do ar são pelo monóxido de carbono (em excesso), dióxidos de carbono (em excesso), enxofre, óxidos de nitrogênio e por partículas diversas (poeiras). Nesse tipo de poluição é importante conhecer o tamanho das partículas ou particulados, sua composição química e forma geométrica. O tamanho das partículas (seus diâmetros) pode ser maior que 100 micrometros (um micrometro é a milionésima parte do metro), são ditas sedimentáveis, isto é, caem pela ação da gravidade, a partir do seu lançamento ao ar pela fonte emissora. A quantidade "despencada"dessas partículas sedimentáveis recebe o nome de "índice de sujicidade". São essas partículas que sujam os carros, as piscinas, as roupas no varal, pisos, parapeitos e móveis da casa. Os outros dois tipos de partículas analisadas, segundo seus diâmetros, são partículas em suspensão; partículas essas que possuem diâmetros menores que 100 micrometros, sua característica principal é que elas ficam em suspensão no ar atmosférico por muito mais tempo. Neste grupo de partículas em suspensão há uma divisão importante a considerar: partículas maiores que 10 micrometros e partículas menores que 10 micrometros. As partículas maiores que 10 micrometros, quando respiradas, não atingem nossos pulmões e ficam retidas nas vias respiratórias superiores (nariz, faringe, laringe, traquéia) e são expelidas sem grandes dificuldades. Já as menores que 10 micrometros atingem a árvore brônquica (pulmões), ficando ali alojadas (nos alvéolos). Este trabalho irá abordar a medição das partículas com dimensões acima de 100 micrometros, usando uma fonte de luz infravermelha, medindo o efeito do espalhamento da luz influenciado pela quantidade de partículas em suspensão no ar e sua a concentração, permitindo a partir destes valores monitorar/controlar os níveis de particulados em suspensão no ar.
The amount of dust suspended in air can be harmful to human health if not complied with the limits previously established by the WHO (World Health Organisation). The air is polluted when it contains elements foreign to its natural composition: oxygen, nitrogen, noble gases and water vapor and even carbon dioxide. The most common forms of air pollution are carbon monoxide (in excess), carbon dioxide (excess), sulfur, nitrogen oxides and particulates by various (dust). In this type of pollution is important to know the size of particles or particulates, chemical composition and geometric shape. Particle size (their diameters) may be greater than 100 micron (one micron is one millionth of a meter), is called settling, ie, fall by gravity, from its launch into the air by emitting source. The quantity "plummeted" settling of these particles is called the "index sujicidade. It is these particles that foul cars, pools, clothes on the clothesline, floors, railings and furniture in the house. The other two types of particles analyzed by their diameter, are suspended particles, these have diameters smaller than 100 micrometer, its main feature is that the drop does not depend on gravity. That is, they are suspended in the atmospheric air. In this group of particles in suspension is an important division to consider: particles larger than 10 micrometer and particles smaller than 10 micrometer. Particles larger than 10 micrometer, when breathed, does not reach our lungs and are retained in the upper airways (nose, pharynx, larynx, trachea) and are expelled without great difficulties, as those less than 10 micrometer can reach the bronchial tree (lung ), being housed there (the alveoli). In this paper we discuss the measurement of macroscopic particles with dimensions above 100 micrometer, using an infrared light source and measuring the effect of scattering of light influenced by the amount of suspended particles in the air, measuring the concentration of particles suspended in air, from allowing these values to monitor / control the levels of particulates in the air.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1919
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEG - Engenharia de Sistemas e Automação - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Desenvolvimento de um sistema para detecção de dispersóides no ar.pdf4,36 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback