Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DQI - Departamento de Química >
DQI - Programa de Pós-graduação >
DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2015

Title: Compostos fenólicos e cumarinas: certificação de um método analítico para caracterização e quantificação em aguardentes de cana envelhecidas em barris de diferentes espécies de madeira
Other Titles: Phenolic and coumarin compounds: certification of an analytical method for the characeerization and quantification in cane spirits aged in barrels of different wood species
???metadata.dc.creator???: Zacaroni, Lidiany Mendonça
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Cardoso, Maria das Graças
???metadata.dc.contributor.referee1???: Mutton, Márcia Justino Rossini
Saczk, Adelir Aparecida
Dórea, Haroldo Silveira
???metadata.dc.description.concentration???: Agroquímica
Keywords: Aguardente de cana
HPLC
Compostos fenólicos
Contaminantes
Sugar cane spirit
Phenolic compounds
Contaminants
???metadata.dc.date.submitted???: 18-Feb-2009
Issue Date: 1-Aug-2014
Citation: ZACARONI, L. M. Compostos fenólicos e cumarinas: certificação de um método analítico para caracterização e quantificação em aguardentes de cana envelhecidas em barris de diferentes espécies de madeira. 2009. 138 p. Dissertação (Mestrado em Agroquímica)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: A aguardente de cana é uma bebida fermento-destilada largamente consumida no país. Estima-se que sua produção seja de aproximadamente 1,5 bilhão de litros/ano, sendo o volume exportado representado por apenas 1% da produção. Diante desse cenário, tem-se buscado cada vez mais formas alternativas para se agregar valor ao produto, sendo que o envelhecimento tem-se tornado uma prática comum entre os produtores da bebida. Embora as madeiras de carvalho ainda predominem nesse processo, a utilização de madeiras nativas tem recebido destaque nos últimos anos, exigindo que se estabeleçam estudos para a caracterização química das bebidas provenientes dessas. Com base no exposto, no presente trabalho objetivou-se certificar um método analítico para caracterizar e quantificar os compostos fenólicos e cumarinas em aguardentes de cana envelhecidas em barris de diferentes espécies de madeira, bem como avaliá-las físico-quimicamente. Foram analisadas doze amostras de aguardente de cana envelhecidas em barris de carvalho, amburana, jequitibá, castanheira, louro-canela, bálsamo e jatobá, provenientes da região sul de Minas Gerais. As análises físico-químicas foram realizadas no Laboratório de Análise Físico-Química de Aguardente (LAFQA/DQI) da Universidade Federal de Lavras. Também avaliou-se a presença dos contaminantes carbamato de etila e acroleína nas amostras. A análise dos compostos fenólicos foi realizada por cromatografia líquida de alta eficiência com detector de arranjo de diodos na Universidade Federal de Lavras. Também empregou-se a extração em fase sólida (SPE) para a determinação de cumarinas. Os valores obtidos para os compostos fenólicos variaram de 0,08 a 18,38 mg/L, observando a predominância de diferentes compostos nas diferentes espécies de madeira utilizadas. Após aplicação da técnica de SPE, pôde-se observar um aumento da detecção de cumarina e diminuição na detecção para umbeliferona e 4-metilumbeliferona.
Sugar cane liquor is a fermented-distilled drink widely consumed in the country. It is considered that its production is approximately 1.5 billion liters/ano, and the exported volume represents only 1% of the production. In view of this, there has been an increasing search for alternative ways to aggregate value to the product; aging becoming a common practice among producers. Although oak wood still prevails in that process, the use of native wood has been receiving prominence in recent years, demanding that studies are established for the chemical characterization of the drinks originating from such woods. Based on the above, the present work aimed to certify an analytical method to characterize and to quantify the phenolic and coumarin compounds in cane liquors aged in barrels of different wood species, as well as to evaluate them physical-chemically. Twelve samples of cane liquor were analyzed, aged in oak, amburana, jequitibá, Brazil-nut, louro-cinnamon, balsam and jatoba barrels, coming of the south area of Minas Gerais. The physiochemical analyses were carried out at the Laboratório de Análise Físico-Química de Aguardente (LAFQA/DQI) of the Universidade Federal de Lavras. The presence of the pollutants ethyl carbamate and acrolein were also evaluated in the samples. The analysis of the phenolic compounds was done by high efficiency liquid chromatography with a diode array detector at the Universidade Federal de Lavras. Also the extraction was used in solid phase (SPE) for the cumarina determination. The values obtained for the phenolic compounds varied from 0,08 to 18.38 mg L-1, observing the predominance of different compounds from the different wood species used. After the SPE technique application, a cumarina detection increase and a decrease in the detection of umbelliferone and 4-methylumbelliferone can be observed.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2015
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Compostos fenólicos e cumarinas certificação de um método analítico para caracterização e quantificação em aguardentes de cana envelhecidas em barris de diferentes espécies de madeira.pdf923.57 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback