Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2138

Título: Meio de cultura para germinação de grãos de pólen de cultivares de marmeleiros (Cydonia oblonga Mill.)
Título Alternativo: Culture medium for germination of pollen grains of quince cultivars (Cydonia oblonga mill.)
Autor(es): Zambon, Carolina Ruiz
Orientador: Pio, Rafael
Membro da banca: Oliveira, Adelson Francisco de
Moura, Pedro Henrique Abreu
Área de concentração: Biologia
Assunto: Marmelo
Viabilidade polínica
Melhoramento genético
Genetic breeding
Germination rate
Pollen viability
Data de Defesa: 2014
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: ZAMBON, C. R. Meio de cultura para germinação de grãos de pólen de cultivares de marmeleiros (Cydonia oblonga Mill.). 2014. 39 p. Dissertação (Mestrado em Botânica Aplicada - Biologia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Visando dar suporte a trabalhos de melhoramento genético do marmeleiro, objetivou-se ajustar o meio de cultura básico para a germinação de grãos de pólen de diferentes cultivares de marmeleiros (Alaranjado, Alongado, Apple, BA29, Bereckzy, Champion, Cheldow, Constantinopla, CTS 207, Dangers, De Patras, De Vranja, Dulot, Fuller, Mendoza INTA 37, Kiakami, Lajeado, Meech Prolific, Meliforme, Pineapple, Portugal, Provence, Radaelli, Rea’s Mamouth, Smyrna, Van Deman e Zuquerineta). O pólen utilizado para o ajuste do meio de cultura básico foi obtido de anteras provenientes de flores em estádio de balão da cultivar Portugal. Em seguida, com auxílio de um pincel, os grãos de pólen foram espalhados sobre a superfície de placas de Petri, contendo 20 mL de meio de cultura de acordo com as seguintes etapas: 1) concentrações de ágar (4, 6, 8 e 10 g L-1) e valores de pH (3,5; 4,5; 5,5 e 6,5); 2) concentrações de sacarose (0, 30, 60 e 90 g L-1); 3) concentrações de nitrato de cálcio (0, 200, 400 e 800 mg L-1); 4) concentrações de ácido bórico (0, 400, 800 e 1200 mg L-1); e 5) tempo de emissão do tubo polínico (0, 1, 2, 3, 4, 5 e 6 horas após a inoculação), os quais foram montados de forma sequencial. Após esse procedimento, avaliou-se a taxa de germinação dos grãos de pólen das 27 cultivares, além do número de estames, número de grãos de pólen por antera e por flor. Realizando-se as leituras da porcentagem de germinação, após cinco horas de incubação, conclui-se que o meio de cultura para a germinação de grãos de pólen do marmeleiro deve ser acrescido de 68 g L-1 de sacarose e 366 mg L-1 de ácido bórico, sendo o pH aferido para 5,8 e o meio solidificado com 10 g L-1 de ágar. Há diferenças entre as cultivares quanto à capacidade germinativa e a quantidade de grãos de pólen, o que pode influenciar na quantidade de flores necessárias para a extração das anteras nos cruzamentos e no sucesso das hibridações à campo.
Aiming to give support to genetic breeding works of the quince tree, it was intended to adjust the basic culture medium to the germination of pollen grains of different quince cultivars (Alaranjado, Alongado, Apple, BA29, Bereckzy, Champion, Cheldow, Constantinopla, CTS 207, Dangers, De Patras, De Vranja, Dulot, Fuller, Mendoza INTA 37, Kiakami, Lajeado, Meech Prolific, Meliforme, Pineapple, Portugal, Provence, Radaelli, Rea’s Mamouth, Smyrna, Van Deman and Zuquerineta). The pollen utilized for the adjustment of the basic culture medium was obtained from anthers coming from flower at balloon stage of the cultivar Portugal. Next, with the aid of a brush, the pollen grains were spread on the surfaces of the Petri dishes, containing 20 mL of culture medium according to the following steps : 1) concentrations of agar (4, 6, 8 and 10 g L-1) and pH values (3.5; 4.5; 5.5 and 6.5); 2) concentrations of sucrose (0, 30, 60 and 90 g L-1); 3) concentrations of calcium nitrate (0, 200, 400 and 800 mg L-1); 4) concentrations of boric acid (0, 400, 800 and 1,200 mg L-1); and 5) time of emission of pollen tube (0, 1, 2, 3, 4, 5 and 6 hours after inoculation), which were mounted in a sequential manner. Afterwards, the grain germination rate of the pollen grains of the 27 cultivars was evaluated, in addition to the number of stamens, number of pollen grains per anther and per flower. By performing the readings of the germination percentage after five hours of incubation, it follows that the culture medium for the germination of quince pollen grains should be added of 68 g L-1 of both sucrose and 366 mg L-1 of boric acid, pH being gauge to 5.8 and the medium solidified with 10 g L-1 of agar. There are differences among the cultivars as to the germination capacity and the amount of pollen grains, which can influence on the amount of flours needed for the extraction of anthers in the crosses and in the success of the filed hybridizations.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada, área de concentração Biologia, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2138
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Meio de cultura para germinação de grãos de pólen de cultivares de marmeleiros (Cydonia oblonga Mill.).pdf214,72 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback