Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2336

Título: Inter-relação entre balanço cátion-aniônico do alimento e o pH urinário de gatos.
Título Alternativo: Inter-relations betwewn food cation-anion balance and urinary pH in cats.
Autor(es): Pires, Carolina Padovani
Orientador: Saad, Flávia Maria de Oliveira Borges
Coorientador(es): Carciofi, Aulus Cavalieri
Membro da banca: Saad, Carlos Eduardo do Prado
Área de concentração: Produção e nutrição de monogástricos
Assunto: Felinos
Urina
Hemogasometria
Excesso de base
Dieta
Cats
Urine
Hemogasometry
Base excess
Diet
Data de Defesa: 10-Jan-2011
Data de publicação: 6-Ago-2014
Referência: PIRES, C. P. Inter-relação entre balanço cátion-aniônico do alimento e o pH urinário de gatos. 2011. 94 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras 2011.
Resumo: Aiming to evaluate the effect of inclusion levels of one comercial acidifying (0.0%, 0.3%, 0.6%, 0.9% dry matter) in acid-base balance of body, coefficients digestibility of nutrients, urine pH, fluid and electrolyte balance in adult cats, as well as the adequacy of equations proposed in the literature using base excess in food to estimate the urinary pH of cats, a test was conducted at the Center for Nutrition Companion Animals (CENAC), Federal University of Lavras, MG. Therefore, we used twenty four adult cats, male and female components of the permanent population of cattery distributed in a completely randomized design with four treatments, consisting of six animals per treatment, one animal per experimental plot. Statistical analysis was performed using the statistical package Statistical Analysis System, in which the means were tested for normality and homogeneity of the waste. Given the fundamental premises were then analyzed by F test and when significant (p <0.05), deployed to the regressions, considering 5% significance level. The use of the additive levels studied did not alter urine pH, blood parameters and acid-base balance and fluid and electrolyte of the animals and the digestibility of nutrients, fecal score, consumption of food and water. The food used had to be extremely cationic due to the high calcium content, and associated with a low level of chlorine that caused a frame hypochloremia in animals, the equations proposed by Jeremias (2009), Kienzle e Wilms-Eilers (1994), Yamka, Friesen e Schakenraad (2006), to estimate the urinary pH using excess basic food considering the sulfur did not describe the actual value measured in this variable studied.
Com o objetivo de avaliar o efeito da inclusão de níveis de um acidificante comercial (0,0%, 0,3%, 0,6%, 0,9% na matéria seca) no balanço ácido-basico do organismo, coeficientes de digestibilidade dos nutrientes, pH urinário, equilíbrio hidro-eletrolítico de gatos adultos, bem como a adequação de equações propostas na literatura utilizando excesso de bases no alimento para estimar o pH urinário de gatos, um ensaio foi conduzido no Centro de Estudos em Nutrição de Animais de Companhia (CENAC) da Universidade Federal de Lavras, em Lavras, MG. Para tanto, foram utilizados 24 gatos adultos, machos e fêmeas, constituintes da população permanente do gatil distribuída em um delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos, constituído de seis animais por tratamento, sendo um animal por parcela experimental. A análise estatística foi realizada pelo pacote estatístico Statistical Analysis System, no qual as médias foram testadas para normalidade e homogeneidade do resíduo. Atendendo às premissas fundamentais, foram então analisadas pelo teste F e, quando significativas (p<0,05), desdobradas as regressões, considerando 5% de significância. A utilização do aditivo, nos níveis estudados, não alterarou o pH urinário, os parâmetros sanguíneos e o equilíbrio ácidobásico e hidro-elétrolítico dos animais, bem como a digestibilidade dos nutrientes, escore fecal, consumos de alimento e de água. O alimento utilizado apresentou-se extremamente catiônico devido ao alto teor de cálcio, e associado a um baixo nível de cloro que ocasionou um quadro de hipocloremia nos animais, as equações propostas por Jeremias (2009), Kienzle e Wilms-Eilers (1994), Yamka, Friesen e Schakenraad (2006) para estimar o pH urinário utilizando excesso de base do alimento considerando o enxofre, não descreveram o valor real mensurado desta variável estudada.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2336
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Inter-relação entre balanço cátion-aniônico do alimento e o pH urinário de gatos.pdf407,79 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback