Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2422

Título: Streptococcus iniae e Streptococcus dysgalactiae associados à meningoencefalite e septicemia em tilápias do nilo no Brasil
Título Alternativo: Streptococcus iniae and Streptococcus dysgalactiae assoiciated with meningoencephalitis and septicemia in nile tilapia in Brazil
Autor(es): Nóbrega Netto, Lamartine da
Orientador: Figueiredo, Henrique César Pereira
Membro da banca: Schwan, Rosane Freitas
Costa, Geraldo Marcio da
Coimbra, Roney Santos
Área de concentração: Microbiologia Agrícola
Assunto: Streptococcus dysgalactiae
Streptococcus iniae
Oreochromis niloticus
Tilápia (Peixe) - Bacterioses
Data de Defesa: 20-Fev-2009
Data de publicação: 8-Ago-2014
Referência: NÓBREGA NETTO, L. da. Streptococcus iniae e Streptococcus dysgalactiae associados à meningoencefalite e septicemia em tilápias do Nilo no Brasil. 2009. 44 p. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: A piscicultura é um ramo recente do agronegócio brasileiro porém tem crescido substancialmente nos últimos anos O principal peixe cultivado no Brasil é a tilápia por apresentar grande aceitação no mercado consumidor e grande resistência a variações ambientais Os principais motivos de prejuízos em piscicultura são as doenças infecciosas causadas por bactérias Dentre estas as estreptococoses são de grande relevância por afetarem peixes de água doce e salgada em várias regiões do mundo S iniae tem sido apontada como a mais relevante causadora de doenças em peixes do mundo sendo responsável por milhões de dólares em prejuízos Atualmente 27 espécies de peixe já foram relatadas como susceptíveis a infecções por este S iniae As infecções levam a quadros de septicemia e meningoencefaite A espécie Streptococcus dysgalactiae é um patógeno comum de animais de criação e seres humanos porém foi recentemente isolada a partir de surtos em peixes no Japão Não existem relatos que associam ambas as espécies com doenças em peixes no Brasil Portanto o objetivo do presente trabalho é a identificação de Streptococcus sp isolados a partir de surtos infecciosos em propriedades de tilápicultura nos estados do Paraná e Ceará; bem como o estudo da variabilidade genética de isolados identificados como S iniae e o desafio de peixes frente à infecção experimental por um isolado identificado como S dysgalactiae Surtos característicos de estreptococoses foram acompanhados em propriedades de tilapicultura em dois estados do Brasil Foram analisadas duas propriedades no Paraná 2006 e uma no Ceará 2007 ambas no verão Exames bacteriológicos de cérebro rim e abscessos foram realizados em peixes com sinais clínicos característicos Os isolados foram submetidos à coloração de Gram e testes de catalase e oxidase A identificação das espécies foi realizada fenotipicamente e geneticamente com o uso do Kit API 20 Strep Slidex PCR espécie-específica e seqüenciamento O gene 16S rRNA de ambas as espécies foi amplificado e seqüenciado com a utilização de iniciadores universais Isolados identificados como S dysgalactiae tiveram o fragmento ISR 16S-23S rDNA também seqüenciado Para acessar a relação genética entre os isolados identificados como S iniae e a cepa de referência S iniae ATCC 29178 PFGE foi realizado Para testar a capacidade em causar doença de um dos isolados identificados como S dysgalactiae foram realizados ensaios de infecção experimental Em todas as fazendas estudadas altas densidades de estocagem foram observadas 150 Kg/m3 e 300 Kg/m3 no Paraná e Ceará respectivamente A temperatura da água encontrava-se por volta de 30 °C nos três surtos acompanhados Os testes fenotípicos e moleculares confirmaram a identificação das espécies S iniae 07 isolados e S dysgalactiae 10 isolados como agentes etiológicos dos surtos ocorridos no Paraná e Ceará respectivamente Foi demonstrado por PFGE que dois genótipos distintos dos isolados identificados como S iniae estavam presentes nos surtos analisados e um terceiro padrão foi observado para a amostra tipo S iniae ATCC 29178 O isolado de S dysgalactiae utilizado na infecção experimental mostrou-se capaz de provocar doença causando sintomas discretos porém com reisolamento positivo de rim e cérebro.
Pisciculture is a relatively recent branch of agorbussines in Brazil although a large increase has been observed in recent decades Tilapia is the mainly cultivate fish in Brazil in view of the fact that this specie had a great acceptance in the consumer market and large resistance to environment variations The major sources of fish production damage worldwide are streptococcosis Outbreaks caused by Streptococcus stand out by affecting a broad range of hosts in several region of the world The specie S iniae is commonly associated with aquatic animal disease Nowadays it is pointed to as the main pathogen causing millions of dollars in damage annually To date 27 fish species have been related as susceptible to S iniae infection Outbreaks in fish caused by this pathogen are characterized by septicemia and meningoencephalitis Another specie of Streptococcus reported as pathogenic to fish is Streptococcus dysgalactiae This specie is a common pathogen of domestic animals and humans and was recently isolated from outbreaks in cultured fish in Japan This pathogen was related to septicemia and necrotic lesions on the caudal peduncle in the species Seriola dumerili and Seriola quinqueradiata In Brazil both species have never been associated with fish infections before The aim of this study was to identify Streptococcus sp isolated from outbreaks in Nile tilapia farms in Paraná and Ceará states Brazil Beside this access the genetic variability of identified S iniae isolates as well as testing the capacity of identified S dysgalactiae isolate in causing disease in Nile tilapia through experimental infection Characteristically streptococcal outbreaks were accompanied in Nile tilapia farms in Brazil Two proprieties in Paraná 2006 and one in Ceará 2007 were accompanied both in the summer season Bacteriological exams of kidney brain and absceses were carried out in the fish with characteristic clinical signs Isolates were submitted to Gram-stain catalase and oxidase tests Bacterial identification was done phenotypically and genetically through API 20 Strep Slidex species-specific PCR and sequencing The 16S rRNA gene of both species were amplified and sequenced with universal primers The isolates with diagnostic for S dysgalactiae were also submitted to sequencing of the 16S-23S rDNA intergenic spacer region To test the capacity of these isolates to cause disease experimental infection was carried out To access the genetic variability of the isolates identified as S iniae and with the reference strain S iniae ATCC 29178 PFGE was realized All studied farms have high stockages densities 150 Kg/m3 and 300 Kg/m3 in Paraná and Ceará respectively In addition the water temperature was around 30°C The phenotypical and molecular tests confirmed the identification of S iniae 7 isolates and S dysgalactiae 10 isolates as the etiological agents of the outbreaks occurred in Paraná and Ceará states respectively The Brazilian S iniae isolates had two distinct genotypes and a third pattern was observed with the type strain S iniae ATCC 29178 Fish challenge showed that S dysgalactiae isolate is able to cause disease with discrete clinical signs but with positive reisolation of kidney and brain.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2422
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Streptococcus iniae e Streptococcus dysgalactiae associados à meningoencefalite e septicemia em tilápias do nilo no Brasil.pdf601,34 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback