Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2424

Title: Fungos endófitos associados ao cacaueiro
Other Titles: Fungal endophytes associated to the cocoa tree
???metadata.dc.creator???: Costa, Loise Araujo
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Pfenning, Ludwig Heinrich
???metadata.dc.contributor.referee1???: Eduardo, Van den Berg
Gusmão, Luís Fernando Pascholati
Batista, Luis Roberto
???metadata.dc.description.concentration???: Microbiologia Agrícola
Keywords: Cacau - Fungos
Phomopsis
Cocoa
Phomopsis
Leaves
???metadata.dc.date.submitted???: 29-Jul-2008
Issue Date: 8-Aug-2014
Citation: COSTA, L. A. Fungos endófitos associados ao cacaueiro. 2008. 61 p. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
???metadata.dc.description.resumo???: Os estudos envolvendo a taxonomia e ecologia de fungos endófitos de plantas em regiões tropicais apresentam um potencial bastante amplo, mas ainda são incipientes. Em Theobroma cacao, a composição e diversidade da comunidade de fungos endófitos são desconhecidas. O objetivo do presente trabalho foi comparar os fungos endófitos em folhas e hastes do cacaueiro em vegetação nativa e em área de monocultivo. Seis amostras de folhas e hastes foram coletadas de cacaueiros em vegetação nativa, na região de Manaus, Amazonas, e em área de monocultivo, na região de Itabuna, Bahia. As amostras vegetais foram submetidas às metodologias de explantes e de trituração e filtração de partículas para o isolamento dos fungos endófitos, após o procedimento de desinfecção superficial. Aproximadamente 5.700 CFUs foram recuperadas e 114 espécies foram identificadas, das quais 65 foram encontradas no cacaueiro cultivado e 75 no cacaueiro nativo. Espécies de Phomopsis e Glomerella cingulata foram dominantes em ambas as áreas estudadas. A análise multivariada de correspondência evidenciou a preferência das espécies mais freqüentes por algum tipo de tecido e área estudada. A espécie Lasiodiplodia theobromae predominou em hastes do cacaueiro nativo, e as folhas exibiram a maior diversidade de espécies nesse ambiente. Para o cacaueiro cultivado a diversidade foi maior nas hastes. A maior similaridade das comunidades de fungos endófitos foi verificada entre as amostras de folhas. O elevado número de espécies e a abundância de isolados da comunidade de fungos endófitos associados ao cacaueiro cultivado, comparável à área de vegetação nativa, indicam que o sistema agrícola de monocultivo parece não interferir na biodiversidade dos endófitos do cacaueiro. O emprego de mais de um método de isolamento nos estudos de comunidades de endófitos é favorável, uma vez que permitiu uma melhor amostragem da diversidade de fungos presentes em hastes e folhas de cacaueiros.
Studies about taxonomy and ecology of endophytic fungi in tropical plants are promising, although being still in an initial phase. Composition and diversity of the community of endophytic fungi in the cocoa tree is almost unknown. The objective of this work was to compare endophytic fungi in leaves and twigs of the cocoa tree in a native stand and under conditions of monoculture. Six samples of each plant material were collected in the region of Manaus AM, and Itabuna BA, Brazil. For isolation of fungi, samples were submitted after a superficial disinfection to two techniques, using explants and the particle trituration and filtration method. From about 5.700 colony-forming units 114 species have been identified, being 65 from cultivated trees and 75 from trees growing in natural conditions. Species of Phomopsis and Glomerella cingulata were dominant in both areas studied. A multivariate correspondence analysis evidenced preference of most frequent species to a particular area or plant tissue. Lasiodiplodia theobromae was dominant in twigs of native trees, where leaves also showed a higher diversity of species. In the cultivated area, diversity was higher in twigs. Communities of endophytes in leaves of both areas were more similar than that of twigs. An elevated number of species and abundance of isolates recovered from the cultivated area indicate that crop management in monoculture may not influence on the diversity of endophytic fungi in the cocoa tree. The use of two different isolation techniques allowed a more reliable assessment of endophytes present in leaves and twigs in this important tropical crop.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2424
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Fungos endófitos associados ao cacaueiro.pdf273.62 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback