Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2529

Título: Extrato de orégano com aditivo em rações de frangos de corte.
Título Alternativo: Oregan extract as an additive in broiler diet.
Autor(es): Fukayama, Ellen Hatsumi
Orientador: Bertechini, Antônio Gilberto
Membro da banca: Fassani, Édison José
Murgas, Luis David Solis
Rodrigues, Paulo Borges
Fialho, Elias Tadeu
Área de concentração: Nutrição de Monogástricos
Assunto: Extrato de orégano
Frangos de corte
Fitoterápico
Aditivo
Promotor de crescimento
Desempenho
Imunidade
Oregan extract
Broiler
Additive
Performance
Growth promoter
Immunity
Phytotherapic
Data de Defesa: 17-Ago-2004
Data de publicação: 11-Ago-2014
Referência: FUKAYAMA, E. H. Extração de orégano como aditivo em rações de frangos de corte. 2004. 48 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2004.
Resumo: The objectives of this experiment were to evaluate the efficacy of oregano extract, as growth promoter on performance (feed intake, body weight and feed conversion), immune system (bursa Fabricius weight and volume, spleen weight and thymus weight), anatomic-physiological parameters of the gastrointestinal tract (villy heigh, crypta profundity and villy:crypta ratio), microbiological analysis of broilers caecum, caecum pH and duodenum pH. 1440 Cobb 500 males, in two stages of development (1 to 21 and 22 to 42 days of age). Were randomly distributed into six treatments and eight replicates. A different basal diets (BD) was used for each phase and the treatments were: T1 - BD; T2 - BD with antibiotic (25 ppm zinc bacitracin); T3 - BD with 0.025% oregano extract (OE); T4 - BD with 0.050% OE; T5 - BD with 0.075% OE and T6 - BD with 0.100% OE. The broiler performance both stages of development was not affected by any diet. The immune system and anatomic-physiological parameters of gastrointestinal tract was not affect by any diet, during the first stage. Spleen weight and villy height were affect by diets. There was a decrease on the number of bacteriums in caecum, indicating antimicrobian action of oregan extract. Duodenum and caecum pH were not affected by any diet. Based on these results, it is not possible to conclude the efficacy of oregan extract as growth promoter.
Os objetivos deste experimento foram avaliar os efeitos da inclusão de extrato de orégano, como aditivo promotor de crescimento, nas rações, sobre o desempenho (consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar), o sistema imune das aves (peso e tamanho da bursa de Fabricius, peso do baço e peso do timo), as características anatomo-fisiológicas do trato gastrointestinal (altura de vilosidade, profundidade de cripta e suas relações), a microbiologia do ceco e o pH do duodeno e ceco de frangos de corte. Foram utilizados 1.440 pintos de corte machos Cobb 500, em duas fases de criação (1 a 21 e 22 a 42 dias de idade), distribuídos em delineamento inteiramente casualizado com seis tratamentos e oito repetições de 30 aves cada. Utilizou-se uma ração basal (RB) para cada fase da criação sendo que os tratamentos constituídos foram T1 - RB; T2 - RB com antibiótico (25 ppm de bacitracina de zinco); T3 - RB com 0,025% de extrato de orégano (EO); T4 - RB com 0,050% de EO; T5 - RB com 0,075% de EO e T6 - RB com 0,100% de EO, sendo utilizados os mesmos tratamentos nas duas fases de criação. Observou-se que os tratamentos não influenciaram (P>0,05) o desempenho das aves nas duas fases de criação. As variáveis de imunidade e avaliação fisiológica-anatômica do trato gastrointestinal aos 21 dias, não apresentaram diferenças (P>0,05). Apenas o peso do baço e altura de vilosidade aos 42 dias de idade, foram influenciados pelos diferentes tratamentos (P<0,05). Houve uma redução no número de bactérias no ceco das aves, a medida que se elevou o conteúdo do EO nas rações, sendo que este resultado, indicou ação antimicrobiana dos componentes deste extrato. Não houve diferenças (P>0,05) nos pHs dos conteúdos duodenal e cecal entre os tratamentos. Na condição em que foi realizado o experimento, pode-se concluir que o uso do extrato de orégano como aditivo promotor de crescimento, não apresentou comportamento diferente ao antibiótico e a testemunha.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2529
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Extrato de orégano com aditivo em rações de frangos de corte.pdf269,84 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback