Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2621

Título: Os sentidos da morte do fundador de uma empresa familiar: uma abordagem sócio-construcionista
Título Alternativo: The significance of the death of a founder of a family business: a socio-constructionist approach
Autor(es): Mendonça, Sandra Maria Lopes Furtado
Orientador: Brito, Mozar José de
Membro da banca: Lima, Juvêncio Braga de
Santana, Ruth Bernades de
Área de concentração: Organizações, Estratégias e Gestão
Assunto: Empresa familiar
Cultura organizacional
Morte
Family business
Organizational culture
Death
Data de Defesa: 8-Dez-2006
Data de publicação: 12-Ago-2014
Referência: MENDONÇA, S. M. L. F. Os sentidos da morte do fundador de uma empresa familiar: uma abordagem sócio-construcionista. 2006. 118 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: Esta dissertação teve por objetivo desvendar, sob a ótica da abordagem construcionista, os sentidos atribuídos na visão dos membros da família e dos empregados à morte do fundador de uma empresa familiar que atua no setor gráfico e de editoração, localizada no sudoeste de Minas Gerais. O construto teórico envolveu a articulação de elementos, tais como: cultura organizacional, importância do papel do fundador na formação e na construção do mito de fundação e sentido da morte, empresa familiar, bem como algumas reflexões sobre construcionismo social. Na compreensão da realidade estudada, empregaram-se a triangulação das técnicas de análise documental, entrevistas em profundidade com base em roteiros e observação participante. Trata-se de um estudo descritivo de natureza qualitativa que revelou o universo simbólico construído em torno da morte do fundador. Na análise da informação, empregou-se a metodologia proposta por Spink: a análise das práticas discursivas. A interpretação e a compreensão dos sentidos construídos em torno do fenômeno estudado exigiram a reconstrução de alguns aspectos da história de vida do fundador e da organização. Por meio das análises das práticas discursivas dos membros da família foram identificados três repertórios interpretativos: repertório da ausência, da presença simbólica e das mudanças gerenciais. Também, na ótica dos empregados, definiram-se os repertórios da construção, a afetividade e o elo com o mito do fundador, da ausência e das mudanças gerenciais. A morte do fundador foi interpretada, pelos atores organizacionais, como ausência física e simbólica daquela figura ímpar e insubstituível. O estudo aponta também como os atores organizacionais procuram manter viva a obra e os princípios do fundador, imortalizando o mito de fundação como forma de negação da sua morte biológica. A descrição e a interpretação dos resultados deste estudo apontaram que os sentidos da morte de um fundador são sempre socialmente construídos e historicamente localizados em uma dada cultura que mantém a memória e produz interpretações próprias em torno do fenômeno morte. Por fim, a interpretação deste fenômeno social será sempre proveniente da subjetividade humana, sendo portadoras de sentidos ancorados em conjuntos de valores organizacionais e outros elementos culturais.
This dissertation has as an objective to uncover under the constructionist approach, the significance attributed, in the vision of the members of the family and the workers to the death of the founder of a family business that operates in the printing and publishing sector, located in the southeast of Minas Gerais. The theory buildup involved the articulation of elements as organizational culture, the importance of the founder in the creation culture and construction of the myth of foundation and the significance of death, family business, as well as some reflections on social constructionism. Understanding the reality studied, use was made of triangulation of techniques of documentary analysis, in-depth interviews based on scripts and participative observation. It is a descriptive study of the qualitative nature that revealed the symbolic universe built around the death of the founder. In the analysis of the information, use was made of the method proposed by Spink: The analysis of discursive practices. The interpretation and comprehension of the significance built around the phenomenon studied, demanded the reconstruction of some aspects of the history of life of the founder and the organization. This way, through the use of analysis of discursive practices by the family members it was identified three interpretative repertories: repertory of absence, symbolic presence and that of managerial changes. In the vision of the workers it was built the repertories of constructing affection and a link to the myth of the founder, the absence and managerial changes. The death of the founder was understood by the organizational actors as the physical and symbolic absence of that odd and unsubstituted figure. The study shows also to how the organizational actors find means of keeping alive the work and principles of the founder, immortalizing the myth of foundation as a form of negating his biological death. The description and interpretation of the results of this study shows that the significance of the death of the founder are always socially built and historically located in a particular culture that keeps the memory and produces its own interpretations around the phenomenon death. Finally the interpretation of this social phenomenon will always come from human subjectivity, being those with sentiments an-cord in a set of organizational values and other cultural elements.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2621
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Os sentidos da morte do fundador de uma empresa familiar.pdf1,16 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback