Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Programa de Pós-graduação >
DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2809

Título: Influência da contagem de células somáticas e microrganismos psicrotróficos na gelificação e sedimentação do leite UAT
Título Alternativo: The influence of the count of somatic cells and psychrotrophic microorganisms in the gelling and sedimentation of UHT milk
Autor(es): Melo Júnior, Ayrton Soares
Orientador: Abreu, Luiz Ronaldo de
Membro da banca: Lopes, Marcos Aurélio
Andrade, Nélio José de
Assunto: Leite UHT
Leite UAT
Microrganismos psicrotróficos
UHT milk
Psychrotrophic microorganisms
Leite - Microbiologia
Leite - Análise
Data de Defesa: 10-Ago-2005
Data de publicação: 14-Ago-2014
Referência: MELO JUNIOR, A. S. Influência da contagem de células somáticas e microrganismos psicrotróficos na gelificação e sedimentação do leite UAT. 2005. 63 p. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Alimentos)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2005.
Resumo: The objective of this work was to verify the influence that the count of somatic cells and psychrotrophic microorganisms have in the gelling and sedimentation of whole UHT milk. The samples assessed came from six processings of UHT whole milk. In the three processings, three levels of somatic cells present in the unprocessed milk were selected: high (higher than 700,000 cells/ mL), medium (between 400,000 and 700,000 cells/mL) and low (lower than 400,000 cells/mL). In the three other processings, three levels of psychrotrophic microorganisms present in the unprocessed milk were selected: high (higher than 3 x10á), medium (between 1 x 10á and 3 x 10á) and low ( lower than 1 x 10á). Samples of unprocessed milk and UHT milk with 30, 60, 90 and 120 days of shelflife between 25 - 30 degrees centigrade. The physical-chemical analyzes of unprocessed milk with different levels of somatic cells and psychrotrophic microorganisms did not reveal significant differences (P > 0.05). A increase of mass of sediments was found during the time that the UHT milk was on the shelf. The somatic cell count led to a greater sedimentation. The proportions of proteins decreased with the increase of sedimentation. The pH of the UHT milk in ethanol presented an initial increase followed by a progressive decrease, resulting in a lower alcoholic stability at the end of the ´shelf time´. The viscosity of UHT milk increased during the ´shelf time´, revealing a tendency to gelling. Thus, according to the results obtained, it was concluded that the count of somatic cells in the unprocessed milk was determinant to a higher of sediment in UHT milk. It was also concluded that the high counts of somatic cells and the psychrotrophic microorganisms in the unprocessed milk influenced the increase of the UHT milk gelling.
O objetivo deste trabalho foi verificar a influência que a contagem de células somáticas e a contagem de microrganismos psicrotróficos exercem sobre a gelificação e a sedimentação do leite UHT integral. As amostras avaliadas eram provenientes de seis processamentos de leite UHT integral. Em três processamentos, foram selecionados três níveis de células somáticas presentes no leite cru: alta (maior que 700.000 células/mL), média (entre 400.000 e 700.000 células/mL) e baixa (menor que 400.000 células/mL). Nos outros três processamentos foram selecionados três níveis de microrganismos psicrotróficos presentes no leite cru: alta (maior que 3 x 106), média (entre 1 x 106 e 3 x 106 ) e baixa (menor que 1 x 106). Foram analisadas amostras de leite cru e de leite UHT com 30, 60, 90 e 120 dias de fabricação, a 25°C-30°C. As análises físico-químicas do leite cru com diferentes níveis de células somáticas e microrganismos psicrotróficos não revelaram diferenças significativas (P>0,05). Observou-se um aumento da massa de sedimentos ao longo da vida de prateleira do leite UHT. A contagem de células somáticas levou a uma maior formação de sedimentação. Os teores de proteínas diminuíram com o aumento da sedimentação. O pH do leite UHT decresceu ao longo da vida de prateleira. A estabilidade do leite UHT ao etanol apresentou aumento inicial, seguido de um decréscimo progressivo, resultando em menor estabilidade alcoólica no final da vida de prateleira. A viscosidade do leite UHT aumentou ao longo da vida de prateleira, revelando uma tendência à gelificação. Sendo assim, de acordo com os resultados obtidos, conclui-se que a contagem de células somáticas no leite cru foi determinante para uma maior formação de sedimentação no leite UHT. Conclui-se, ainda, que altas contagens de células somáticas e as contagens de microrganismos psicrotróficos no leite cru influenciam no aumento da gelificação no leite UHT.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2809
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Influência da contagem de células somáticas e microrganismos psicrotróficos na gelificação e sedimentação do leite UAT.pdf499,22 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback