Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28293
Título : Molecular characterisation of radish cultivars
Título(s) alternativo(s): Caracterização molecular de cultivares de nabo-forrageiro
Autor: Cruz, Sara Michelly
Nery, Marcela Carlota
Von Pinho, Édila Vilela de Resende
Laia, Marcelo Luiz de
Palavras-chave: Raphanus sativus
Inter Single Sequence Repeats (ISSR)
Random Amplified Polymorphic DNA (RAPD)
Isoenzymes
Radish cultivars - Stage of development
Isoenzimas
Nabo-forrageiro - Estádio de desenvolvimento.
Publicador: Universidade Federal do Ceará
Data da publicação: 2014
Referência: CRUZ, S. M. et al. Molecular characterisation of radish cultivars. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 45, n. 4, p. 815-822, out./dez. 2014.
Resumo : O nabo-forrageiro tem ganhado importância no mercado brasileiro como adubo verde, planta de cobertura e pelo potencial para produção de biodiesel, no entanto estão registradas apenas duas cultivares que são morfologicamente muito semelhantes. A determinação da pureza genética é um dos requisitos para comercialização de sementes, pois garante a uniformidade de plantio, e é importante para os programas de melhoramento. Por tanto, objetivou-se com este trabalho avaliar a similaridade e padrões genotípicos que permitam diferenciar as cultivares comerciais de nabo-forrageiro ‘IPR 116’ e ‘CATI AL-1000’. Para isso, foi analisado o padrão eletroforético de isoenzimas em sementes secas, sementes embebidas, folhas de plântulas e folhas jovens. As isoenzimas usadas foram: superóxido dismutase, catalase, esterase, glutamato – oxilacetato, malato desidrogenase e isocitrato liase. Foram analisados 37 primers RAPD e 10 primers ISSR em folhas das cultivares ‘CATI AL-1000’ e ‘IPR-116’. Entre as isoenzimas estudadas, as mais polimórficas foram glutamato - oxilacetato, malato desidrogenase, esterase e superóxido dismutase, tendo o sistema superóxido dismutase realizado a melhor caracterização para todos os estádios de desenvolvimento. O sistema isoenzimático catalase não permitiu distinguir as cultivares em nenhum estádio de desenvolvimento e a isocitrato liase não revelou com o protocolo utilizado. Na análise dos marcadores 27 primers RAPD e oito primers ISSR apresentaram polimorfismo. Os resultados indicam que há possibilidade de determinar descritores confiáveis com base em isoenzimas em diferentes estádios de desenvolvimento de nabo-forrageiro e com uso de primers RAPD e ISSR.
Abstract: The radish has been gaining importance in the Brazilian market due to its use as a green manure and cover crop, and also due to its potential for the production of biodiesel, however there are only two registered cultivars, which are morphologically very similar. Determination of genetic purity is a prerequisite in marketing seeds as it ensures uniformity of the crop and is important in breeding programs. The aim of this work therefore was to evaluate the similarity and genotype patterns which permit differentiation of the commercial radish cultivars IPR 116 and CATI AL-1000. In order to do this, isoenzyme electrophoretic patterns were analysed in dry seeds, soaked seeds, seedling leaves and young leaves; the isoenzymes used being: superoxide dismutase, catalase, esterase, glutamate-oxalocetate, malate dehydrogenase and isocitrate lyase. Thirtyseven RAPD primers and 10 ISSR primers in leaves of the CATI AL-1000 and IPR-116 cultivars were analysed. Among the isoenzymes under study, the most polymorphic were glutamate oxalocetate, malate dehydrogenase, esterase and superoxide dismutase, with the superoxide dismutase system giving the best characterisation for all stages of development. The catalase isoenzyme system did not make it possible to differentiate between cultivars at any stage of development, and isocitrate lyase was not revealed by the protocol used. In analysis of the markers, 27 RAPD primers and eight ISSR primers showed polymorphism. The results indicate that it is possible to determine reliable descriptors based on isoenzymes at different stages of development of the radish and with the use of RAPD and ISSR primers.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28293
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Molecular characterisation of radish cultivars.pdf210,96 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons