Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28512
Título : Morphological and ultrastructural analysis of various types of banana callus, cv. Prata anã
Título(s) alternativo(s): Análise morfológica e ultra-estrutural de diferentes calos de bananeira, cv. Prata anã
Autor: Ribeiro, Luciene de Oliveira
Paiva, Luciano Vilela
Pádua, Marlúcia Souza
Santos, Breno Régis
Alves, Eduardo
Stein, Vanessa Cristina
Palavras-chave: Scanning electron microscopy
Transmission electron microscopy
Musa sp.
Cytology
Embryogenesis
Microscopia eletrônica de varredura
Microscopia eletrônica de transmissão
Citologia
Embriogênese
Publicador: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM
Data da publicação: 2012
Referência: RIBEIRO, L. de O. et al. Morphological and ultrastructural analysis of various types of banana callus, cv. Prata anã. Acta Scientiarum. Agronomy, Maringá, v. 34, n. 4, p. 423-429, Oct./Dec. 2012.
Resumo : Este trabalho foi realizado com o objetivo de caracterizar morfologicamente e ultra-estuturalmente calos (scalp method) de bananeira. Genótipos de bananeira, cv. Prata anã, cultivadas in vitro, foram utilizados para indução de meristemas na base das folhas e formação de estruturas conhecidas como scalp, que foram transferidas para meio ZZs. Os calos obtidos foram caracterizados morfológica e ultra-estruturalmente. Para as análises ultra-estruturais, foram coletadas, fixadas em Karnovsky e preparadas cinco amostras, que foram analisadas em microscópio eletrônico de varredura e de transmissão. Foi verificado formação de 3 tipos de calos (Tipo 1- calo transparente aquoso; Tipo 2- calo com glomérulos amarelos menores; Tipo 3- calo com glomérulos amarelos maiores). A análise por MEV mostrou que os calos Tipo1 apresentaram células alongadas; os calos Tipo 2 e Tipo 3 apresentaram células com formato isodiamétrico que condizem com características de calos embriogênicos. A análise por MET mostrou que os calos Tipo1 apresentaram parede delgada, grande quantidade de pequenos vacúolos e citoplasma disperso. Os calos Tipo 2 apresentaram citoplasma denso, vacúolos grandes e presença de mitocôndrias. Os calos Tipo 3 apresentaram parede espessa e espaços intercelulares. Assim, os calos Tipo 2 evidenciam características de calos embriogênicos.
Abstract: This work was carried out to characterise morphologically and ultrastructurally the banana callus, obtained from the scalp method. Genotypes of banana, cv. Prata anã, cultivated in vitro were used to induce meristems at the leaf base; subsequently, structures known as scalps were formed. For ultrastructural analysis, five samples of callus were collected, fixed in Karnovsky solution and analysed by scanning electron microscope (SEM) and transmission electron microscope (TEM). The formation of three types of callus was observed: Type 1 - transparent watery callus, Type 2 - yellow callus with small clusters, Type 3 - yellow callus with large clusters. SEM analysis showed that Type 1 callus cells were elongated and that Type 2 and Type 3 callus cells were isodiametric, which is a characteristic of embryogenic cells. The TEM analysis showed that Type 1 callus cells had thin walls, a large number of small vacuoles and dispersed cytoplasm. The Type 2 callus cells showed dense cytoplasm, large vacuoles and a large amount of mitochondria. The Type 3 callus cells had thick and intercellular spaces. Thus, the Type 2 callus cells had characteristics consistent with embryogenic callus cells.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28512
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DFP - Artigos publicados em periódicos
DQI - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Morphological and ultrastructural analysis of various types of banana callus, cv. Prata anã.pdf1,57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons