Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28691
metadata.artigo.dc.title: Biological efficiency of Agaricus brasiliensis cultivated in compost with nitrogen concentrations
metadata.artigo.dc.title.alternative: Eficiência biológica de Agaricus brasiliensis em composto com concentrações de nitrogênio
metadata.artigo.dc.creator: Siqueira, Félix G. de
Martos, Emerson T.
Silva, Evânia Geralda da
Silva, Romildo da
Dias, Eustáquio Souza
metadata.artigo.dc.subject: Composting
Mushroom cultivation
Ammonia
Nitrogen concentration
Compostagem
Cultivo de cogumelos
Amônia
Concentração de nitrogênio
metadata.artigo.dc.publisher: Associação Brasileira de Horticultura
metadata.artigo.dc.date.issued: Jun-2011
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SIQUEIRA, F. G. et al. Biological efficiency of Agaricus brasiliensis cultivated in compost with nitrogen concentrations. Horticultura Brasileira, Vitória da Conquista, v. 29, n. 2, abr./ jun. 2011.
metadata.artigo.dc.description.resumo: A produção do composto é uma das etapas mais importantes para o cultivo de qualquer espécie de cogumelo. Para as espécies Agaricus, essa etapa é ainda mais complexa, porque depende da atuação de diferentes microrganismos que atuam sobre o substrato, transformando-o em um composto seletivo que favorece o crescimento do fungo a ser cultivado. Dentre os diversos fatores que afetam essa atividade microbiana, a concentração inicial de nitrogênio é considerada uma das mais importantes. Em função da falta de estudos conclusivos a respeito, este trabalho teve por objetivo avaliar a produtividade e eficiência biológica de Agaricus brasiliensis em composto preparado com diferentes teores iniciais de nitrogênio, fazendo uso da metodologia de compostagem e pasteurização convencional (fase I e II). Foram testadas três concentrações de nitrogênio iniciais (w/w) (T1= 1,0%; T2= 1,5% e T3= 2,0%) e foi determinado o crescimento micelial em mm/dia para todos os tratamentos, assim como a produtividade e eficiência biológica. As melhores concentrações iniciais de nitrogênio na metodologia convencional de compostagem foram os teores de 1,0% e 1,5%. Nessas concentrações de nitrogênio o desenvolvimento do cogumelo foi mais rápida, assim como a sua produtividade em comparação àquela obtida no composto com 2% de nitrogênio.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The production of compost is one of the most important steps for the cultivation of any species of mushroom. For the Agaricus species, this step is even more complex because it depends on the performance of different microorganisms that act on the substrate, turning it into selective compost that promotes the growth of the fungus to be cultivated. Among the various factors that affect the microbial activity, the initial concentration of nitrogen is considered one of the most important. Due to the lack of conclusive studies about that, the aim of this study was to evaluate the productivity and biological efficiency of Agaricus brasiliensis in compost prepared with different initial concentrations of nitrogen, according to the composting methodology and to the conventional pasteurization techniques (phase I and II). Three initial nitrogen concentrations (w/w) (T1= 1.0%; T2= 1.5%; and T3= 2.0%) were tested and mycelial growth was determined in terms of mm/day for all treatments. The productivity and biological efficiency were also determined. The most efficient initial concentrations of nitrogen were of 1.0% and 1.5%. This concentration of N in the compost permitted a faster development of the mushroom with higher productivity when compared to the results obtained with the application of 2% of nitrogen.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28691
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons