Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEX - Departamento de Ciências Exatas >
DEX - Programa de Pós-graduação >
DEX - Estatística e Experimentação Agropecuária - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2945

Título: Testes Bootstrap para detecção de anisotropia espacial em fenômenos contínuos
Título Alternativo: Bootstrap test for detection of spatial anisotropy in continuous phenomena
Autor(es): Rossoni, Diogo Francisco
Orientador: Lima, Renato Ribeiro de
Coorientador(es): Oliveira, Marcelo Silva de
Membro da banca: Ferreira, Daniel Furtado
Nogueira, Denismar Alves
Guimarães, Ednaldo Carvalho
Balestre, Márcio
Oliveira, Marcelo Silva de
Área de concentração: Estatística e Experimentação Agropecuária
Assunto: Geoestatística
Anisotropia
Isotropia
Geostatistic
Anisotropy
Isotropy
Data de Defesa: 29-Jan-2014
Data de publicação: 19-Ago-2014
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: ROSSONI, D. F. Testes Bootstrap para detecção de anisotropia espacial em fenômenos contínuos. 2014. 80 p. Tese (Doutorado em Estatística e Experimentação Agropecuária) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: A anisotropia é uma característica em que dados espacialmente dependentes apresentam comportamentos diferenciados em determinadas direções. Quando o comportamento da variável aleatória é similar em todas as direções, dizemos que o fenômeno é isotrópico. Caso não seja detectada a anisotropia e, consequentemente, sua correção não seja feita, o fenômeno pode ser interpretado de maneira equivocada. A falta de um teste estatístico consolidado para detecção de anisotropia corrobora a dificuldade dos pesquisadores em corrigir tal característica do fenômeno. Propõe-se, neste trabalho, dois testes para detectar a anisotropia espacial: um teste baseado em área e outro teste baseado em distâncias euclidianas. Para verificar a eficácia dos testes, foram computadas as taxas de erro tipo I e o poder do teste. Em todas as configurações simuladas, o teste baseado em área obteve melhor desempenho que o teste baseado em distâncias euclidianas.
Anisotropy is a trait in which spatially dependent data show different behaviors in certain directions. When the behavior of the random variable is similar in all directions, we say that the phenomenon is isotropic. In case anisotropy is not detected and, consequently, its correlation is not made, the phenomenon can be wrongly interpreted. But the lack of a consolidated statistical test for detecting anisotropy corroborated the difficulty the researcher faces to correct this characteristic of the phenomenon. This work proposes two tests to detect spatial anisotropy: one based on the area and another based on Euclidean distances. To verify the efficacy of the tests, we computed the Type I error rates and power of the test. In all simulated configurations, the test based on the area obtained better performance than the test based on Euclidean distances.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do curso de Pós-Graduação em Estatística e Experimentação Agropecuária, área de concentração em Estatística e Experimentação Agropecuária, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2945
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEX - Estatística e Experimentação Agropecuária - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Testes Bootstrap para detecção de anisotropia espacial em fenômenos contínuos.pdf1,82 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback