Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29875
Título: Características de anatomia foliar de Myracrodruon urundeuva Allemão (Anacardiaceae) ao longo de um gradiente edafoclimático
Título(s) alternativo(s): Foliar anatomy characteristics of Myracrodruon urundeuva Allemão (Anacardiaceae) along an edaphoclimatic gradient
Autor : Santos, Paola Ferreira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4638135937406320
Primeiro orientador: Castro, Evaristo Mauro de
Primeiro membro da banca: Pires, Marinês Ferreira
Segundo membro da banca: Morel, Jean Daniel
Terceiro membro da banca: Lira, Jean Marcel Souza
Quarto membro da banca: Garcia, Paulo Oswaldo
Palavras-chave: Morfoanatomia
Aroeira Verdadeira
Gradiente edafoclimático
Morfoanatomy
True aroeira
Edaphoclimatic gradient
Data da publicação: 2-Ago-2018
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior (CAPES)
Referência: SANTOS, P. F. Características de anatomia foliar de Myracrodruon urundeuva Allemão (Anacardiaceae) ao longo de um gradiente edafoclimático. 2018. 135 p. Tese (Doutorado em Botânica Aplicada)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
Resumo: As folhas podem exibir uma combinação de características morfoanatômicas importantes em diversas condições. A fisionomia foliar pode ser considerada uma ferramenta de valor para estudos anatômicos, fisiológicos e ecológicos. Desta forma, a hipótese do trabalho é que Myracrodruon urundeuva Allemão (Anacardiaceae) altera sua morfoanatomia ao longo de um gradiente edáfico/ climático. Tem como objetivo o presente estudo a comparação e avaliação da morfoanatomia de M. urundeuva em diferentes locais ao longo de um gradiente edáfico/climático. A área de coleta do material vegetal compreende três domínios vegetacionais: Caatinga, Cerrado e Atlântico. Diante dessa heterogeneidade, buscou-se a maior variação de características ecológicas desta região e, por meio de estudos prévios de estrutura de comunidade, foram observadas a ocorrência e a distribuição de M. urundeuva ao longo desse gradiente. Sendo assim, a espécie foi selecionada para ser analisada. Os dados foram submetidos à análise de variância, sendo as medias comparadas pelo Teste Tukey ao nível de 95% de confiança (considerando p < 0,05). Para avaliar os efeitos das variáveis edáficas e climáticas, nas variáveis anatômicas, foram utilizados Modelos Lineares Generalizados Mistos (GLMM). De acordo com os resultados, pode-se concluir que existe diferença na morfoanatomia dos folíolos dos indivíduos de M. urundeuva. As variáveis edáficas e climáticas demonstraram influência nas características morfoanatômicas, entretanto as variáveis edáficas se mostraram mais associadas à variação estrutural do folíolo.
Abstract: Leaves may exhibit a combination of important morpho-anatomical characteristics under various conditions. Foliar physiognomy can be considered a valuable tool for anatomical, physiological and ecological studies. In this way, the hypothesis of the work is that Myracrodruon urundeuva Allemão (Anacardiaceae) alters its morphoananatomy to the logo of an edaphic / climatic gradient. The objective of this study was to compare and evaluate the morphology of M. urundeuva at different locations along an edaphic / climatic gradient. The sampling area of the plant material comprises three vegetative domains: Caatinga, Cerrado and Atlântico. In view of this heterogeneity, the greatest variation of ecological characteristics of this region was sought and the occurrence and distribution of M. urundeuva along this gradient was observed through previous studies of community structure. Therefore, the species was selected for analysis. The data were submitted to analysis of variance, and the means were compared by the Tukey Test at 95% confidence level (p <0.05). In order to evaluate the effects of the edaphic and climatic variables on the anatomical variables, Generalized linear mixed models (GLMMs) were used. According to the results, it can be concluded that there is difference in the morphology of the leaflets of the individuals of M. urundeuva. The edaphic and climatic variables showed influence on the morphoanatomic characteristics. However, the edaphic variables were more associated to the structural variation of the leaflet.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do autor(a), até julho de 2019.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29875
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DBI - Botânica Aplicada - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.