Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3008
Título: Permeabilidade das madeiras de amapá (brosimum parinarioides ducke) e faveira (parkia gigantocarpa ducke)
Título(s) alternativo(s): Permeability of amapá (brosimum parinarioides ducke) and faveira (parkia gigantocarpa ducke) woods
Autor : Baraúna, Edy Eime Pereira
Primeiro orientador: Lima, José Tarcísio
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Silva, José Reinaldo Moreira da
Primeiro membro da banca: Souza, Sérgio Martins de
Vieira, Renato da Silva
Silva, Elio Lemos da
Área de concentração: Madeira como Matéria-Prima
Palavras-chave: Wood
Anatomia
Lei de Darcy
Fluxo
Permeabilidade
Madeira
Tratamento da madeira
Permeability
Flow
Darcy Law
Anatomy
Data da publicação: 20-Ago-2014
Referência: BARAÚNA, E. E. P. Permeabilidade das madeiras de amapá (brosimum parinarioides ducke) e faveira (parkia gigantocarpa ducke). 2010. 69 p. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia da Madeira)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: Nos Estados do Amazonas e Pará, as madeiras de amapá (Brosimum parinarioides Ducke) e faveira (Parkia gigantocarpa Ducke) são utilizadas na fabricação de compensados, móveis, tábuas etc. E mesmo essas espécies tendo diversos usos, as pesquisas tecnológicas sobre as propriedades físicas, anatômicas e químicas em ambas as espécies são bastante escassas. E dentre estas características, a permeabilidade é um forte indicativo para se dizer se estas madeiras serão mais permeáveis a preservantes químicos, remoção de água durante o processo de secagem ou colagem. O presente estudo teve como objetivo estudar por meio do fluxo gasoso e líquido a permeabilidade das madeiras de amapá (Brosimum parinarioides Ducke) e faveira (Parkia gigantocarpa Ducke) oriundas da floresta amazônica. Foram identificadas a influencia das características anatômicas e químicas na permeabilidade da madeira. Os valores de permeabilidade calculados em laboratório foram comparados como os dados de permeabilidade estimados pelo modelo de fluxo longitudinal para folhosas. Na realização deste estudo foram coletadas no Estado do Pará três árvores de amapá e faveira as quais foram processadas em corpos-de-prova os quais foram submetidos aos ensaios de permeabilidade, caracterização anatômica e análise química. A madeira de faveira apresentou valores de permeabilidade longitudinais ao ar atmosférico de 140,2.10-9 m3/m.(N/m2).s e liquido de 3,28.10-9 m3/m.(N/m2).s. A permeabilidade ao ar na madeira de amapá foi de 63,7.10-9 m3/m.(N/m2).s e ao líquido de 2,0,7.10-9 m3/m.(N/m2).s. Também ocorreram baixas correlações para ambas as espécies entre a permeabilidade ao ar e líquida e as características anatômicas. Já o modelo de fluxo longitudinal para folhosas superestimou os valores de permeabilidade para ambas as espécies.
In the states of Amazonas and Pará, wood of amapá (Brosimum parinarioides Ducke) and faveira (Parkia gigantocarpa Ducke) are used to produce hardboard, furniture, boards, etc. Although being multipurpose, research on these species, addressing physical, anatomical and chemical properties are scarce. Among these features, permeability is a strong indicative of wood permeability to chemical preservatives, removal of water during drying or collage. This work aimed to study wood permeability of two woody species from amazon forest: amapá (Brosimum parinarioides Ducke) and faveira (Parkia gigantocarpa Ducke), using gaseous and liquid flow. It was verified the influence of anatomical and chemical characteristics on wood permeability. Values of permeability determined in laboratory were compared with data estimated by the longitudinal flow model for broad-leaved species. In order to conduct this study it was collected three trees of amapá and faveira in the state of Pará, which were processed in specimen that were submitted to assays of permeability, anatomical characterization and chemical analysis. The wood of faveira presented values of longitudinal permeability to atmospheric air of 140,2 .10-9 m3/m.(N/m2).s and liquid of 3,28 .10-9 m3/ m.(N/m2).s. The air permeability of the wood was amapá of 63,7 .10-9 m3/m.(N/m2).s and liquid of 2,0,7.10-9 m3/m.(N/m2).s. It was also observed low correlation for both species between air an liquid permeability with anatomical characteristics. Already the longitudinal flow model for hardwoods overestimated the permeability for both species.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3008
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Permeabilidade das madeiras de Amapá (Brosimum parinarioides Ducke) e Faveira (Parkia gigantocarpa Ducke).pdf770,58 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.