Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/30872
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCarvalho, Isaac Martins-
dc.date.accessioned2018-10-02T19:14:47Z-
dc.date.available2018-10-02T19:14:47Z-
dc.date.issued2018-10-01-
dc.date.submitted2018-07-31-
dc.identifier.citationCARVALHO, I. M. Funções de correlação para uma cadeia de Ising decorada com spins Heisenberg numa estrutura diamante. 2018. 74 p. Dissertação (Mestrado em Física)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/30872-
dc.description.abstractOne-dimensional systems with short-range interactions cannot exhibit a long-range order at nonzero temperature. However, there are some particular one-dimensional models, such as the Ising-Heisenberg spin models with a variety of lattice geometries, which exhibit unexpected behavior similar to the temperature-driven phase transition. Although these pseudo-transitions are not true temperature-driven transitions showing only abrupt changes or sharp peaks in thermodynamic quantities, they may be confused while interpreting experimental data. Here we consider the spin-1/2Ising-XYZ diamond chain in the regime when the model exhibits temperature-driven pseudo-transitions. We provide a detailed investigation of various correlation functions between distant spins that illustrate the properties of quasi-phases separated by pseudo-transitions. Inevitably, all correlation functions present evidence of pseudo-transitions, which are supported by analytical solutions, which have been rigorously investigated around the pseudo-critical temperature. It is worth to mention that the correlation functions between distant spins have an extremely large correlation length at pseudo-critical temperature.pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Lavraspt_BR
dc.rightsacesso abertopt_BR
dc.subjectCadeias de spin Ising-Heisenbergpt_BR
dc.subjectModelos quânticos de spinpt_BR
dc.subjectCadeia de spin quânticopt_BR
dc.subjectPseudo-transiçõespt_BR
dc.subjectQuase-fasespt_BR
dc.subjectIsing-Heisenberg chainspt_BR
dc.subjectQuantun spin modelspt_BR
dc.subjectQuantic spin chainpt_BR
dc.subjectPseudo-transitionspt_BR
dc.subjectQuasi-phasespt_BR
dc.titleFunções de correlação para uma cadeia de Ising decorada com spins Heisenberg numa estrutura diamantept_BR
dc.title.alternativeCorrelation functions for an Ising chain decorated with Heisenberg spins in a diamond structurept_BR
dc.typedissertaçãopt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Físicapt_BR
dc.publisher.initialsUFLApt_BR
dc.publisher.countrybrasilpt_BR
dc.contributor.advisor1Rojas, Onofre-
dc.contributor.advisor-co1Souza, Sérgio Martins de-
dc.contributor.advisor-co2Leyva, Moisés Porfírio Rojas-
dc.contributor.referee1Sá Barreto, Francisco César de-
dc.contributor.referee2Pereira, Maria Socorro Seixas-
dc.contributor.referee3Souza, Sérgio Martins de-
dc.contributor.referee4Santos, Onofre Rojas-
dc.description.resumoSistemas unidimensionais com interações de curto alcance não podem exibir uma ordem delongo alcance em temperaturas diferentes de zero. No entanto, existe uma classe específica demodelos unidimensionais, tais como os modelos de spin de Ising-Heisenberg em uma variedadede estruturas geométricas, que exibem um comportamento inesperado em temperatura finita, similara uma transição de fase. Embora essas pseudo-transições não sejam verdadeiras transiçõesde fase orientadas pela temperatura, elas apresentam mudanças abruptas ou picos acentuadosnas quantidades termodinâmicas, podendo gerar confusões na interpretação dos dados experimentais.Neste trabalho, consideramos uma cadeia de spin-1/2 Ising-XYZ numa estrutura dediamante no regime quando o modelo exibe as pseudo-transições orientadas pela temperatura.Fornecemos uma investigação detalhada de várias funções de correlação entre spins distantesque ilustram as propriedades das quase-fases separadas pelas pseudo-transições. Inevitavelmente,todas as funções de correlação apresentam evidências das pseudo-transições, que sãosuportadas por soluções analíticas, as quais foram investigadas de maneira rigorosa em torno datemperatura pseudo-crítica. Vale a pena mencionar que as funções de correlação entre spins distantestêm um comprimento de correlação extremamente grande na temperatura pseudo-crítica.pt_BR
dc.publisher.departmentDepartamento de Físicapt_BR
dc.subject.cnpqMateriais Magnéticos e Propriedades Magnéticaspt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5147642578565267pt_BR
dc.contributor.advisor-co-otherFerreira, Jordana Torrico-
Appears in Collections:DFI - Física - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.