Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33664
metadata.artigo.dc.title: Painéis de argamassa armada reforçados com bambu (Bambusa vulgaris) visando a utilização em pequenas construções rurais
metadata.artigo.dc.creator: Damasceno, Flavio Alves
Neves, Cleive Leones
Oliveira, Carlos Eduardo Alves
Silva, Francine Damian da
metadata.artigo.dc.subject: Bioconstruções
Bambu - Propriedades físicas e mecânicas
Tratamento térmico
Bioconstruction
Bamboo - Physical and mechanical properties
Heat treatment
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Estadual Paulista
metadata.artigo.dc.date.issued: Jul-2018
metadata.artigo.dc.identifier.citation: DAMASCENO, F. A. et al. Painéis de argamassa armada reforçados com bambu (Bambusa vulgaris) visando a utilização em pequenas construções rurais. Revista Energia na Agricultura, v. 33, n. 3, p. 207-215, jul./set. 2018.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Objetivou-se com o presente trabalho avaliar as características físicas e mecânicas dos bambus (Bambusa vulgaris e Bambusa vulgaris vittata) com diferentes tratamentos térmicos e aplicá-los como reforço à placa de argamassa armada em substituição ao aço. Para isto, amostras de bambu foram selecionadas e retiradas de uma propriedade rural no município de Rondonópolis - MT. Foram realizados dois tratamentos térmicos (banho em água quente e banho quente-frio com óleo de cozinha usado). Testes foram realizados para determinação do índice de deteorização e teor de umidade do bambu com e sem os tratamentos. Posteriormente, com base nos resultados dos ensaios de tração e compressão do bambu, foram confeccionadas placas de argamassa armada com seis diferentes tipos de reforços. Com base nos resultados obtidos, observou-se que os tratamentos térmicos, diminuíram o teor de umidade e a biodegradação do bambu. No que se refere às propriedades mecânicas, no ensaio de compressão simples, não houve melhoria significativa. Entretanto, tratamento térmico com bio-óleo na amostra de bambu amarelo com nó obteve maior valor de resistência à tração. Observou-se que os tratamentos térmicos com bio-óleo e água apresentaram valores médios de resistência a flexão superiores à testemunha
metadata.artigo.dc.description.abstract: : The objective of this work to evaluate the physical and mechanical characteristics of bamboos (Bambusa vulgaris and Bambusa vulgaris vittata) with different heat treatments and apply them as reinforcement to mortar Board instead of steel. For this, bamboo samples were selected and removed from a country estate in the municipality of Rondonopolis-Mt. were performed two heat treatments (shower in hot water and hot-cold bath with used cooking oil). Tests were performed to determine the rate of deterioration and moisture content of bamboo with and without the treatments. Subsequently, based on the results of the tensile and compression of the bamboo, mortar boards were made with six different types of backup. Based on the results obtained, it was observed that the thermal treatment and prophylactic, decreased the moisture content and the biodegradation of bamboo. There was no significant improvement in the simple compression test in the treatments tested. However, thermal treatment with bio-oil in the sample of yellow bamboo with knot obtained higher value of tensile strength. It was observed that the thermal treatments with bio-oil and water had average values of flexural strength higher than the control.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://revistas.fca.unesp.br/index.php/energia/article/view/3195
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33664
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DEG - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.