Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34252
metadata.artigo.dc.title: Produção de mudas de araruta após armazenamento refrigerado
metadata.artigo.dc.title.alternative: Production of arrowroot seedlings after refrigerated storage
metadata.artigo.dc.creator: Souza, Douglas Correa de
Chiozzini, Pedro Mariani
Guerra, Thiago Sampaio
Silva, Luis Felipe Lima e
Costa, Paula Aparecida
Resende, Luciane Vilela
metadata.artigo.dc.subject: Maranta arundinacea L.
Hortaliça não convencional
Rizomas
Unconventional vegetables
Rhizomes
metadata.artigo.dc.publisher: Centro Universitário da Região da Campanha
metadata.artigo.dc.date.issued: 2018
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SOUZA, D. C. de et al. Produção de mudas de araruta após armazenamento refrigerado. Revista Cientifica Rural, Bagé, v. 1, n. 2, 2018.
metadata.artigo.dc.description.resumo: A araruta é uma planta rizomatosa, pertencente à ordem Zingiberales. A espécie é considerada rústica, proveniente da América Latina e se encontra de forma nativa nas matas venezuelanas. Há carência de estudos científicos com a cultura, principalmente com relação ao cultivo e conservação pós-colheita. Diante disso, objetivou-se com esse trabalho verificar a viabilidade da produção de mudas de araruta do tipo ‘comum’ e ‘seta’ em função do tempo e temperatura de armazenamento de rizomas. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 3 x 3, sendo os fatores estudados dois tipos de araruta, três temperaturas e três épocas de armazenamento. Durante o armazenamento foi avaliada a massa dos rizomas e após o período de estocagem os rizomas foram utilizados para produção de mudas. Não é viável o armazenamento de rizomas de araruta a baixas temperaturas para produção de mudas. O mais adequado é o armazenamento em temperatura ambiente. O tempo de armazenamento dos rizomas influência na brotação, sendo que as mudas oriundas de rizomas armazenados a trinta dias obtiveram 100% de brotação, após esse período à brotação de rizomas é reduzida.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Arrowroot is a rhizomatous plant, belonging to the order Zingiberales. The species is considered rustic, from Latin America and is found natively in the Venezuelan forests. There is a lack of scientific studies on the crop, especially with regard to post-harvest cultivation and conservation. The aim of this work was to verify the viability of ‘comum’ and ‘seta’ arrowroot seedlings as a function of time and temperature of rhizome storage. The experiment was conducted in a completely randomized design in a 2 x 3 x 3 factorial scheme, the factors studied being two types of arrowroot, three temperatures and three storage seasons. During the storage the mass of the rhizomes was evaluated and after the storage period the rhizomes were used to produce seedlings. The storage of arrowroot rhizomes at low temperatures for seedling production is not feasible. Storage at room temperature is most appropriate. The time of storage of the rhizomes influences the sprouting, and the seedlings originating from rhizomes stored at thirty days have obtained 100% of sprouting, after that period the sprouting of rhizomes is reduced.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://revista.urcamp.tche.br/index.php/rcr/article/view/255
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34252
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAG - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.