Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35210
metadata.teses.dc.title: REVESTIMENTOS POLIMÉRICOS EM GRÃOS CRUS DE CAFÉS ESPECIAIS
metadata.teses.dc.title.alternative: POLYMERIC COVERINGS IN SPECIAL COFFEE CRUSSES
metadata.teses.dc.creator: Orlando, Fernanda Domingos
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Figueiredo, Luísa Pereira
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Dias, Camila de Almeida
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Figueiredo, Luísa Pereira
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Dias, Camila de Almeida
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Haddad, Felipe Furtini
metadata.teses.dc.subject: Análises Físicas
Qualidade.
Análise Sensorial
Análise antioxidantes
Conservação
metadata.teses.dc.date.issued: 8-Jul-2019
metadata.teses.dc.description.resumo: café é um produto agrícola comercializado de acordo com seus parâmetros qualitativos, no entanto sua produção é sazonal e o armazenamento é etapa fundamental na cadeia produtiva do grão. Durante o armazenamento do café ocorrem alterações químicas, físicas e sensoriais que podem afetar a qualidade sensorial da bebida, por isso, torna-se necessário a criação de novas tecnologias de preservação da qualidade por um período mais longo, mantendo a aparência e a diferenciação do produto. O objetivo deste trabalho foi avaliar revestimentos poliméricos aplicados em grãos crus de cafés especiais associados a embalagens de alta barreira por meio das características físicas e sensoriais dos grãos de café e o efeito antioxidante dos revestimentos aplicados antes de iniciar o armazenamento. Foram utilizados dois revestimentos poliméricos (quitosana e cera de carnaúba) e dois tipos de embalagem (alta barreira e papel). O experimento foi instalado segundo o delineamento inteiramente casualizado (DIC), com três repetições em esquema fatorial 2 x 3 (duas embalagens e três revestimentos). As características físicas, sensoriais e atividade antioxidante, não apresentaram diferenças significativas em seus resultados, exceto para a análise da massa específica para os tratamentos de cera de carnaúba na embalagem permeável (WP) e quitosana na embalagem de alta barreira (CB). Dessa forma, pode-se dizer que estes revestimentos não promoveram a alteração da qualidade inicial dos grãos de café, sendo aptos para o estudo ao longo do armazenamento por 12 meses.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35210
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:PRG - Engenharia de Alimentos (Trabalhos de Conclusão de Curso)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
201421525_FERNANDA_TRABALHO_FINAL.pdf366,11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.