Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3677

Título: Efeito de diferentes níveis de energia metabolizável sobre a biometria testicular de cordeiros, da raça Santa Inês, em crescimento
Título Alternativo: Effect of different levels of metabolizible energy on the testicular biometry of growing Santa Inês lambs
Autor(es): Assis, Roberta de Moura
Orientador: Pérez, Juan Ramón Olalquiaga
Membro da banca: Viveiros, Ana Tereza de Mendonça
Santos, Cristiane Leal dos
Paiva, Paulo César de Aguiar
Costa, Suely de Fátima
Área de concentração: Produção animal
Assunto: Reprodução
Nutrição
Circunferência escrotal
Ovino
Desenvolvimento testicular
Scrotal circumference
Reproduction
Nutrition
Ovine
Development testicular
Data de Defesa: 24-Fev-2005
Data de publicação: 12-Set-2014
Referência: ASSIS, R. de M. Efeito de diferentes níveis de energia metabolizável sobre a biometria testicular de cordeiros, da raca Santa Inês, em crescimento. 2005. 83 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2005.
Resumo: O experimento foi conduzido no Setor de Ovinocultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras, Minas Gerais, com o objetivo de avaliar a biometria testicular de cordeiros Santa Inês, em crescimento, alimentados com diferentes níveis de energia, proveniente da inclusão de fibra insolúvel em detergente neutro (FDN) na dieta. Foram utilizados 64 cordeiros Santa Inês, distribuídos em quatro tratamentos: Dieta A - 8,67; Dieta B - 17,34; Dieta C - 26,01 e Dieta D - 34,68% de FDN de forragem. Quatro animais de cada tratamento foram abatidos nas idades pré-determinadas: 43, 83, 123 e 173 dias. Antes de serem abatidos, os animais foram pesados e submetidos à medida de circunferência escrotal. Após o abate os testículos foram retirados da bolsa escrotal e separados dos respectivos epidídimos. Os testículos foram pesados separadamente e as medidas de comprimento, largura e espessura foram tomadas com o auxílio de um paquímetro. O valor das dimensões testiculares foi obtido multiplicando-se o comprimento pela largura e pela espessura. Para as análises estatísticas, utilizou-se a soma dos pesos dos testículos (direito e esquerdo) e a soma das dimensões dos testículos (direito e esquerdo). Os animais que consumiram maiores quantidades de energia apresentaram melhores resultados de biometria testicular em relação aos que consumiram menores quantidades de energia. As altas correlações encontradas entre biometria testicular, consumo de energia metabolizável e peso vivo, tratando-se de todos os animais estudados em conjunto, indicam que o desenvolvimento testicular é altamente dependente do desenvolvimento corporal e da quantidade de energia metabolizável consumida. A partir de 43 dias de idade a circunferência escrotal pode ser utilizada para predizer o peso e as dimensões testiculares, devido às altas correlações entre estas variáveis, o que permite selecionar reprodutores em idades jovens. A estimativa da circunferência escrotal através do peso vivo mostrou ser mais eficiente do que em função da idade dos animais. A predição do peso e das dimensões dos testículos através da circunferência escrotal mostrou ser mais eficiente do que através da idade e do peso vivo dos animais.
This study was carried out at the Ovine Production Sector of the Federal University of Lavras, Minas Gerais, to evaluate the testicular biometry of growing Santa Inês lambs fed with different levels of energy, by the increasing level of neutral detergent fibre (NDF). Sixty four Santa Inês lambs were allocated to: Diet A - 8,67; Diet B - 17,34; Diet C - 26,01 and Diet D - 34,68% forage NDF. Four animals of each treatment were slaughtered at the following ages: 43, 83, 123 and 173 days. Just before slaughtering, the animals were weighted and the measurements of scrotal circumference were taken. After slaughtering, the testicles were removed from the scrotal bag and separated from its respective epididimous. The testicles were separately weighted and its width and thickness were taken using a paquimeter. The value of the testicular dimensions was obtained multiplying the length by the width by the thickness of the testicle. The statistical analyses were done using the total weights of the testicles (right and left) and the total of the dimensions of the testicles (right and left). The animals which consumed larger amount of energy presented better results for testicular biometry than those which consumed smaller amount of energy. The high correlations found among testicular biometry, metabolizible energy intake and live weight, considering all the animals, indicate that the development testicular is highly dependent of the corporal development and the amount of metabolizible energy intake. Even from 43 days of age the scrotal circumference could be used to predict the testicular weight and dimensions, because of the high correlations found among these variables, this allows selection of sire at young ages. The live weight showed to be more efficient to estimate the scrotal circumference than the age of the animals. The prediction of the weight and dimensions of the testicles through the scrotal circumference showed to be more efficient than the age and live weight of the animals.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3677
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Efeito de diferentes níveis de energia metabolizável sobre a biometria testicular de cordeiros, da raça Santa Inês, em crescimento.pdf884,54 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback