Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37145
metadata.artigo.dc.title: Removal of copper in cachaças using clays
metadata.artigo.dc.title.alternative: Remoção de cobre em cachaça usando argilas
metadata.artigo.dc.creator: Duarte, Felipe Cimino
Cardoso, Maria das Graças
Magriotis, Zuy Maria
Santiago, Wilder Douglas
Mendonça, João Guilherme Pereira
Rodrigues, Leonardo Milani Avelar
metadata.artigo.dc.subject: Beverage
Kinetic parameters
Isotherms
Adsorption
Bebida
Cinética
Isotermas
Adsorção
metadata.artigo.dc.publisher: Editora UFLA
metadata.artigo.dc.date.issued: Aug-2014
metadata.artigo.dc.identifier.citation: DUARTE, F. C. et al. Removal of copper in cachaças using clays. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 38, n. 4, p. 382-389, jul./ago. 2014. DOI: 10.1590/S1413-70542014000400009.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O aumento da produção e consumo de cachaça de alambique tem estimulado a pesquisa sobre a qualidade da bebida. Sabe-se que o cobre, quando encontrado em teor elevado na bebida e ingerido em grandes quantidades, pode causar danos à saúde humana. Assim, há uma grande preocupação por parte de pesquisadores e produtores quanto à utilização de substâncias adsorventes na remoção de seu excesso. Conduziu-se este trabalho, com os objetivos de estudar a cinética e a isoterma de adsorção de cobre em caulinitas e avaliar a qualidade físico-química da cachaça antes e após a adsorção. As caulinitas K01, K03 e K04 apresentaram capacidade máxima de adsorção do metal, 97, 95 e 90%, respectivamente. Observou-se que a cinética de adsorção segue o modelo de pseudoprimeira ordem e que os dados de isotermas se ajustaram ao modelo de Freundlich. Nos resultados das análises físico-químicas, todos os parâmetros da amostra controle estavam dentro dos limites exigidos pela legislação, exceto para os aldeídos e cobre. Após a adsorção com as argilas estudadas, a cachaça apresentou uma redução dos mesmos e para alguns parâmetros não houveram diferenças significativas. Pelos resultados da análise multivariada, com a primeira e a segunda componente principal, foi possível descrever 87% dos dados e pode-se constatar que todas as amostras diferiram-se do controle quanto aos parâmetros analisados. Assim, as argilas analisadas podem futuramente, após mais estudos, serem utilizadas na remoção do cobre da cachaça.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Increased production and cachaça consumption has stimulated research regarding its quality. It is known that copper can be harmful to human health when it is in concentrated form in the beverage and is ingested in large amounts. Thus, there is a great concern among researchers and producers about the use of adsorbent substances for the removal of excess copper. The kinetic parameters and the adsorption isotherms for copper on kaolinite were studied to evaluate the physical-chemical quality of the cachaça before and after adsorption. K01, K03 and K04 kaolinites presented a maximum adsorption capacity of 97, 95 and 90%, respectively. The kinetic rates followed the pseudo-first-order model, and the adsorption isotherm was best adjusted to the Freundlich model. All the parameters of the control samples were within the limits required by law, except for the aldehydes and copper. After adsorption with clay, the values for some of the parameters were lower and those of others were not significantly different. It was possible to describe 87% of the data with the first and second principal components of the multivariate analysis, and all the samples were different from the control for the parameters analyzed. Thus, these clays can be used for the removal of copper from cachaça, but further studies are necessary.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37145
metadata.artigo.dc.language: en_US
Appears in Collections:DEG - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_Removal of copper in cachaças using clays.pdf387,93 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons