Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/40717
Título : Activated carbon from bamboo (Bambusa vulgaris) waste using CO2 as activating agent for adsorption of methylene blue and phenol
Título(s) alternativo(s): Carvão ativado a partir de resíduos de bambu (Bambusa vulgaris) utilizando CO2 como agente ativante para adsorção de azul de metileno e fenol
Autor: Santana, Gregório Mateus
Trugilho, Paulo Fernando
Borges, Willian Miguel da Silva
Bianchi, Maria Lucia
Paes, Juarez Benigno
Nobre, João Rodrigo Coimbra
Morais, Rayssa de Medeiros
Palavras-chave: Physical activation
Adsorbent development
Environmental applications
Ativação física
Desenvolvimento de adsorvente
Aplicações ambientais
Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Data da publicação: Abr-2019
Referência: SANTANA, G. M. et al. Activated carbon from bamboo (Bambusa vulgaris) waste using CO2 as activating agent for adsorption of methylene blue and phenol. Santa Maria, v. 29, n. 2, p. 769-778, abr./jun. 2019.
Resumo : Resíduos de bambu (Bambusa vulgaris) foram utilizados como matéria-prima para a produção de carvão ativado (CA). Os materiais foram coletados e transformados em CA mediante processos de carbonização (500°C, 1,67°C min-1, 60 min) e ativação (800°C, 10°C min-1, 60 min) com CO2 (100 mL min-1). O material obtido (CA CO2 ) foi caracterizado pelo seu rendimento, análise elementar, teor de cinzas, área superficial (SBET), método titulométrico de Boehm, microscopia eletrônica de varredura e utilizado como adsorvente para remoção dos contaminantes azul de metileno e fenol. Os modelos de isotermas de Langmuir e de Freundlich foram selecionados para entender o processo de adsorção. O CA CO2 produzido apresentou rendimento de 21,6%, teor de carbono de 82,13% e SBET de 856,78 m2 g-1, apresentando uma remoção rápida e elevada capacidade de adsorção para o azul de metileno (298,82 mg g-1) e fenol (558,29 mg g-1).
Abstract: Bamboo (Bambusa vulgaris) wastes were used as raw material for producing activated carbon. The materials were collected and turned into activated carbons by carbonization (500 °C, 1.67 °C.min-1, 60 min) and activation (800 °C, 10 °C.min-1, 60 min) processes with CO2 (100 mL.min-1). The obtained material (CO2 AC) was characterized by its yield, elemental analysis, ash content, surface area (SBET), Boehm titration method, scanning electron microscopy and used as adsorbent for removing the methylene blue and phenol contaminants. The Langmuir and Freundlich isotherm models were selected for understanding the adsorption process. CO2 AC produced showed yield of 21.6%, carbon content of 82.13% and SBET of 856.78 m2.g-1, presenting rapid removal and high adsorption capacity for methylene blue (298.82 mg.g-1) and phenol (558.29 mg.g-1).
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/40717
Idioma: en_US
Aparece nas coleções:DCF - Artigos publicados em periódicos
DQI - Artigos publicados em periódicos



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons