Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4078

Título: Micropropagação e aspectos da anatomia foliar da figueira 'Roxo de Valinhos' em diferentes ambientes
Autor(es): Fraguas, Crystiane Borges
Orientador: Pasqual, Moacir
Membro da banca: Dutra, Leonardo Ferreira
Castro, Evaristo Mauro de
Área de concentração: Fitotecnia
Assunto: Figueira
Multiplicação
Vitro
Micropropagation
Cultivatted
Leaf aspects
Data de Defesa: 6-Fev-2003
Data de publicação: 29-Set-2014
Referência: FRAGUAS, C. B. Micropropagação e aspectos da anatomia foliar da figueira 'Roxo de Valinhos' em diferentes ambientes. 2003. 119 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2003.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo estudar a multiplicação in vitro, aclimatização e aspectos da anatomia foliar da figueira ´Roxo de Valinhos´ em diferentes ambientes. Para a multiplicação foram realizados três experimentos avaliando a influência do carvão ativado e BAP, cinetina e GA3 e diferentes concentrações do meio de cultura WPM e cinetina. Os tubos ou frascos contendo os explantes foram mantidos em sala de crescimento, com irradiância de 35 µM.m-2.s.-1, temperatura de 27 2C e fotoperíodo de 16 horas. Para a aclimatização, testou-se dias de permanência das plântulas em meio de cultura sem reguladores de crescimento e diferentes substratos. As plantas permaneceram em casa-de-vegetação com sistema de nebulização intermitente e tela de sombreamento 50% (sombrite®), durante o primeiro mês. O estudo anatômico foliar foi realizado comparando-se as plântulas in vitro, com 20, 40 e 60 dias de aclimatização e as cultivadas no campo. Na multiplicação, verificou-se que o carvão ativado inibe a multiplicação e as brotações obtidas com BAP são pequenas, vitrificadas e possuem excesso de calo. Com a utilização de 0,5 mg.L-1 de cinetina obteve-se brotações maiores e sem vitrificação e o GA3 causou excessivo estiolamento das plântulas, além de vitrificação, clorose e necrose apical. A concentração padrão (100%) do meio de cultura WPM combinada com 0,5 mg.L-1 de cinetina é ideal para a multiplicação. Plântulas cultivadas por 30 dias em meio WPM sem reguladores de crescimento apresentam bom desenvolvimento em substrato Plantmax® durante a aclimatização. No estudo anatômico foliar verificou-se diferenças entre os ambientes. As plântulas in vitro possuem os tecidos foliares pouco desenvolvidos e grande número de estômatos, exigindo maiores cuidados na etapa inicial da aclimatização. O número de estômatos reduz durante a aclimatização, auxiliando o processo de adaptação das plantas às novas condições ambientais. Com 60 dias de aclimatização as novas folhas produzidas possuem alguns aspectos anatômicos que podem conferir maior eficiência fotossintética e maior capacidade de regulação hídrica das plantas.
The in vitro multiplication, acclimatization and leaf anatomy on fig ´Roxo de Valinhos´ in different environments was investigated. In the first part, were tested activated charcoal and BAP, kinetin and GA3 and different WPM culture medium concentrations combined with kinetin. Test tubes or flasks containing the explants was maintained at growth room, with 27±1°C, 35 µM.m-2.s.-1 irradiance and 16 hours of photoperiod. On the second part, plantlets days permanence in culture medium without growth regulators and different substrates was tested. The plants stayed in greenhouse under intermittent mist and 50% shadow during the first month. Leaf anatomy was made to compare in vitro plantlets, with 20, 40 and 60 days acclimatization and plants cultivated in field conditions. The activated charcoal inhibit the multiplication. Small, vitrified and with callus excess shoots are obtained by BAP treatment. Larger shoots and without vitrification was obtained with kinetin 0,5 mg.L-1, meanwhile GA3 induced excessive etiolation, vitrification, clorosis and apical necrosis at the plantlets. Better multiplication are obtained with WPM 100% and kinetin 0,5 mg.L-1 combination. Cultivated plantlets for 30 days in WPM medium without growth regulators present good development on Plantmax® substrate during acclimatization. At leaf anatomical study was verified differences among the environments. Plantlets in vitro have little developed leaf tissue and great stomatas number. Stomatas number reduces during the acclimatization. With 60 days of acclimatization the news leafs presents some anatomical aspects that can check larger fotossintetic efficiency and capacity of hidric plant regulation.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4078
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Micropropagação e aspectos da anatomia foliar da figueira 'Roxo de Valinhos' em diferentes ambientes.pdf1,6 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback